Reportar erro
Fofocalizando

Chris Flores se revolta com serial killer de Brasília: “Adorador de satã”

Apresentadora se indignou com monstruosidade do assassino Lázaro Barbosa

Chris Flores conversa com o jornalista Felipe Malta no Fofocalizando
Chris Flores se revolta com caso de serial killer no Fofocalizando - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 17/06/2021 às 16:28:24

Chris Flores se revoltou durante a apresentação do programa Fofocalizando, do SBT, na tarde desta quinta-feira (17). A jornalista e os seus colegas de bancada repercutiram as buscas por Lázaro Barbosa, conhecido como o serial killer de Brasília após cometer assassinatos e outros crimes no Distrito Federal.

O programa contou com Felipe Malta, âncora do SBT no Ar, diretamente de Brasília. O Fofocalizando exibiu reportagens sobre as buscas do assassino, que acontecem desde a última quarta-feira (9), e atualizações sobre o caso.

Logo após as matérias, Chris Flores comentou sobre o posicionamento de Glória Perez, que teve a filha Daniella assassinada na década 90, nas redes sociais. “Ela criticou as saidinhas do regime penitenciário, é quando a pessoa pode sair e voltar para a cadeia... Sabe aquelas datas específicas como nos dias mães, Natal”, disse ela, que ironizou na sequência: “Tipo a Suzane [Richthofen] que sai no dia das mães, a pessoa que planejou o assassinato da própria mãe, sai no dia das mães, não sei pra quê, pra comemorar o quê”.

E Chris Flores leu o que Glória escreveu nas redes sociais. "Um batalhão de agentes policiais continua em campo, na caça ao serial killer. Lázaro já tinha uma ficha criminal de meter medo. E porque não estava preso? Estava preso sim, mas veio a saidinha da Páscoa. Lázaro foi liberado para festejar a Páscoa e está festejando, a seu modo: com chacinas, roubos, estupros, e a mobilização de mais de 200 agentes para prender de novo”.

Chris Flores se revolta com serial killer

Chris continuou seu desabafo sobre a revolta e indignação com a monstruosidade de Lázaro. “Adorador de satã... Eu respeito todas as religiões, mas isso não é religião”, disse a apresentadora. “Ele não é maluco, porque não está rasgando dinheiro”, emendou.

“Ele é bandido, é bandido com prazer, que gosta de ver mulher sofrer, criança sofrer...”, seguiu indignada. “No Brasil, o que é ruim, torto, vira filme”, criticou Flor Fernandez.



Mais Notícias