Reportar erro
Dia dos Namorados

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

Alguns programas de TV marcaram época

Silvio Santos, Daniela Cicarelli e Rodrigo Faro
Silvio Santos, Daniela Cicarelli e Rodrigo Faro: todos eles apresentaram programas inesquecíveis de namoro - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 12/06/2021 às 12:17:32

O Dia dos Namorados é comemorado neste sábado (12) e por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), quem quer encontrar um novo amor, tem que recorrer aos aplicativos de paquera. Na televisão, todas as atrações estão suspensas até a situação ser controlada, enquanto outros deixaram saudades, como o Em Nome do Amor (1994-2000) e o Beija Sapo (2005-07).

Outros programas que vinham fazendo são recentes e vinham até sendo produzidos, como o Xaveco, que foi repaginado em 2019, se tornando um quadro do Domingo Legal, de Celso Portiolli. O programa vinha sendo um dos pontos altos do dominical do SBT, mas por conta da pandemia, teve que ser suspenso e não há previsão de volta.

Quem também marcou a história da TV com programa de namoro foi Rodrigo Faro, que ainda em O Melhor do Brasil (2005-2014), fez todo mundo dançar aos sábados, e também aos domingos no Hora do Faro. Depois de toda essa turbulência passar, quem sabe se a paquera não invade novamente a TV? Confira abaixo sete atrações que marcaram época.

Em Nome do Amor

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

Exibido entre 1994 e 2000, substituindo o Namoro na TV, o Em Nome do Amor virou meme nas redes sociais. Há quem diga que o Tinder começava ali, com apresentação de Silvio Santos nas noites de domingo. Jovens solteiros se inscreviam com o intuito de procurar um grande amor.

Silvio Santos colocava homens e mulheres dançando quase sempre ao som de seu ídolo Julio Iglesias. E depois, entravistava todos os jovens com com humor, fazendo a famosa pergunta que ficaria eternizada: É namoro ou amizade?

O programa terminou no ano 2000, sendo substituído pelo Show do Milhão e em 2006, com o nome de Namoro na TV e Etc, voltou repaginado sob o comando de Celso Portiolli, ocupando grande parte da programação aos sábados.

Xaveco

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

Outro programa que Silvio Santos também já comandou nos anos 90 e que ficaria conhecido por ter sido apresentado por Celso Portiolli. O formato consiste em 50 homens ou mulheres responderem a perguntas com o intuito de conquista uma única pessoa. Os pretendentes só conhecem quem devem conquistar na última fase da atração, que é dividida em três partes.

Nos anos 90, a atriz Ellen Rocche chegou a participar do programa em busca de um namorado. "Oi gatão! Eu sou a loira alta da sua vida e estou afim de te conhecer. Eu só quero ver se você vai segurar meu tchan, gatão", disse Rocche na época para seu pretendente. "E você quando segurar o tchan dele o que vai responder?", brincou Celso Portiolli.

Em 2019, o programa virou quadro do Domingo Legal e impulsionou a faixa, fazendo o SBT liderar e "enterrar" o Domingo Show de Geraldo Luís, que passou a perder frequentemente.

Beija Sapo

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

O formato consagrou Daniella Cicarelli na MTV, onde a apresentadora já estava desde 2002. Nele, um participante denominado príncipe ou princesa tinha que escolher um, dentre três participantes vestidos de sapos ou pererecas, para dar um beijo na boca no final do programa.

Todo o processo para a escolha de um deles passava por fases, como a visita ao quarto do pretendente, a defesa feita por um amigo ou familiar escolhido pelo pretendente, momento em que eram exibidas as fotos de quando era um "girininho", a resposta a um questionário e uma serenata, onde o pretendente deveria fazer uma paródia de uma música para cantar com o intuito de conquistar o príncipe ou a princesa.

Nos intervalos, alguns jovens da plateia beijavam desconhecidos para aparecer na TV. O programa também teve versões gays que marcaram boa audiência e repercutiram muito na comunidade LGBTQA+, servindo de inspiração até os dias de hoje como exemplo de espaço para representatividade.

O Beija Sapo terminou em dezembro de 2007, quando Daniela Cicarelli deixou a MTV para assinar com a Band.

Rola ou Enrola

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

Um dos maiores sucessos do programa Eliana, foi o Rola ou Enrola que ficou no ar entre 2012 e 2017. O formato consiste em cinco mulheres que decidem através de suas plaquinhas, se aceitam conhecer ou não um dos mais de dez rapazes que se apresentam ao longo da brincadeira. Os perfis são os mais variados possíveis.

O quadro embalou os domingos à tarde de Eliana, mas acabou indo "descansar" antes da pandemia começar. A atração era uma das mais queridas das redes sociais. Quem não lembra do "chama o bombeiro"?

Vai dar Namoro

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

Dança, gatinho... Rodrigo Faro caiu nas graças do público quando herdou o quadro de Márcia Garcia na Record. Mas, só a partir de 2009, com a morte de Michael Jackson (1958), ele começou a encarar caracterizações no palco.

Sucesso no sábado e também no domingo, o quadro consistia em ter um participante que passava pelo palco e tentava sorte com uma das mulheres sentadas nas cadeiras. Ali, se fosse escolhido, conversava mais reservadamente. Caso acontecesse o beijo, Faro dançava.

Fica Comigo

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

Lembra desse programa comandado pela Fernanda Lima? Os adolescentes não perdiam um. Um participante saía em busca de um amor e conhecia três pretendentes. E tudo isso sem ver seus rostos, apenas testando afinidades e sentidos.

No final, o escolhido ganhava um beijo na boca se o participante se interesse por ele ao vê-lo fisicamente. A atração foi exibida entre 2000 e 2003.

A Fila Anda

No SBT, MTV e Record: 7 programas de namoro que marcaram época

Também na MTV, A Fila Anda tinha o comando de Carol Ribeiro e Penélope Nova e trazia 24 pretendentes que queriam conquistar um participante. Esses 24 eram eliminados ao longo dos episódios e a participante só os via no último!

Naquela época, início dos anos 2000, programas do gênero era uma febre. Prova que o Em Nome do Amor/Namoro na TV produziu "filhotes" algum tempo depois.



Mais Notícias