Reportar erro
Que situação

Afiliada da Globo sofre ataque hacker e vive dias de pane no sistema

Rede Bahia contratou empresa para recuperação

Sede da Rede Bahia
Rede Bahia passou por ataque cibernético - Foto: Reprodução
Naian Lucas, com Gabriel Vaquer

Publicado em 13/05/2021 às 15:09:00,
atualizado em 13/05/2021 às 15:34:57

A Rede Bahia, afiliada da Globo, sofreu um ataque cibernético no começo desta semana e teve seu sistema afetado. Dados pessoais de funcionários e ex-profissionais do conglomerado teriam vazado e os colaboradores da empresa estão proibidos de usarem redes sociais enquanto é feito o trabalho de recuperação do sistema para não permitir a entrada novamente de hackers.

Conforme apurou o NaTelinha, o principal problema ocorreu na terça-feira (11), quando toda a equipe ficou sem sistema. Durante exibição dos jornais locais, os apresentadores receberam informações dos editores-chefes pelo ponto eletrônico. A equipe precisou adotar um plano B para colocar as produções locais no ar.

Os profissionais não conseguem imprimir nenhum documento direto pela rede e não podem acessar e-mails. A direção da empresa também determinou que ninguém use as redes sociais para não permitir a entrada de hacker, enquanto uma empresa de segurança cibernética foi contratada para fazer o trabalho de recuperação.

Jornal impresso da Rede Bahia não sai

Além da TV, a Rede Bahia conta com o jornal impresso Correio, que, por causa da invasão, não saiu para circulação nos últimos dois dias e não há previsão de quando o serviço voltará ao normal. Porém, o portal que tem o mesmo nome segue no ar recebendo atualizações de notícias.

O diretor-presidente da Rede Bahia, Paulo Cesena, enviou um comunicado interno nesta quinta (13) aos colaboradores explicando que o caso está sendo investigado. “A Rede Bahia já adotou todas as medidas técnicas e de segurança utilizadas para a proteção de dados, inclusive realizou a contratação de empresas especializadas com o objetivo de mitigar os riscos desse incidente de segurança”, disse trecho da nota.

“Além do exposto, tivemos conhecimento da divulgação pública de dados pessoais de alguns dos nossos colaboradores e ex-colaboradores. Estamos investigando o ocorrido, apurando as devidas responsabilidades e já acionamos as autoridades competentes”, acrescentou o executivo.

Mais Notícias