Reportar erro
Soltou o verbo

Datena fica indignado com empresários vacinados por compra ilegal

Apresentador ficou inconformado com caso

Irritado, Datena se aproxima da câmera e abre as mãos , durante Brasil Urgente
Datena detona empresários no Brasil Urgente - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 25/03/2021 às 20:00:00,
atualizado em 25/03/2021 às 20:21:54

No Brasil Urgente desta quinta-feira (25), José Luiz Datena ficou indignado com empresários que foram flagrados sendo vacinados em Belo Horizonte, em Minas Gerais. Em imagens veiculadas no programa, eles aparecem recebendo imunizante contra a Covid-19 em um galpão na capital mineira. Segundo a investigação, empresários compraram doses da vacina para eles e família se imunizarem. Como a venda dos imunizantes no Brasil é algo ilegal, Datena soltou o verbo contra os responsáveis por esse crime.

"E esses bandidos desses empresários tomando vacina em Belo Horizonte e vacinando a família? Comprando vacina lá fora... isso é irregular, isso é um crime contra a saúde pública. Esse é o famoso fura fila brutal e criminoso. Seus criminosos! Vocês comprando vacina e vacinando na frente do povo, seus canalhas! Por que vocês não compraram vacina e distribuíram para a comunidade?" indagou Datena.

"Canalhas! Foram tomar vacina antes e não vão ser punidos porque aqui, nesse país, o cara rouba R$ 90, 100 milhões, R$ 5 bilhões, que foram devolvidos da Lava Jato, e um monte de bandido anistiado. O crime compensa! Você acha que esses empresários ricaços lá de Belo Horizonte vão ser punidos? É claro que não. Esse país aqui é o país da impunidade. Canalhas", disparou o apresentador.

Veja a partir do minuto 1h59:

Datena soltou o verbo no Brasil Urgente

Datena ainda detonou a Petrobrás e os políticos responsáveis pelo aumento no valor dos combustíveis. "Canalhas, vigaristas. 'Datena, toma cuidado senão você vai morrer do coração' e daí se eu morrer do coração? É melhor morrer do coração do que ficar nesse mundo injusto com pessoas canalhas, vagabundas, gente que tem dinheiro pra caramba e continua matando as pessoas, roubando dinheiro público. Bandido, ladrão, sem vergonha assassino", disparou.

Recentemente, Datena se irritou com mudança na contagem de mortos da Covid-19: "Não dá pra aguentar". O apresentador também reagiu sobre STF declarar Moro parcial no caso Lula



Mais Notícias