Reportar erro
Decisão editorial?

Record News ignora discurso de Lula e exibe programação normal

Lula discursou no final de manhã desta quarta (10) e só a Record News não transmitiu

Lula discursando sobre absolvição e o logo da Record News
Lula em seu discurso nesta quarta (10) - Reprodução/YouTube
Redação NT

Publicado em 10/03/2021 às 13:45:02,
atualizado em 10/03/2021 às 14:23:23

A Record News foi a única emissora de notícias a ignorar o discurso de Lula no final da manhã desta quarta-feira (10). O ex-presidente do PT falou no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo (SP) sobre a anulação de suas condenações na Lava Jato e declarou ser "vítima da maior mentira jurídica contada em 500 anos de história". GloboNews, CNN Brasil, Band News e até o SBT News (este último, na internet), exibiram o discurso.

A emissora do bispo Edir Macedo, entretanto, seguiu com sua programação normal desde às 11h20, hora em que Lula começou a discursar. Foram exibidos os programas Hora News e Boletim JR. No momento da publicação desta matéria, Lula ainda discursa, mas a Record News não abriu nenhum espaço na sua programação.

Procurada para comentar a razão de ter ignorado o discurso de Lula e se isso segue alguma decisão editorial, a assessoria de imprensa da emissora não respondeu até o fechamento da reportagem. Caso o faça, será atualizada.

Lula cita Globo, que emite nota

Em seu discurso, Lula citou a Globo e afirmou que o Jornal Nacional de ontem (9) foi épico. "Ontem assistimos a um Jornal Nacional épico. Quem viu nem acreditou. Pela primeira vez a verdade prevaleceu. E a verdade dita não pela boca do PT, mas pelos ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Espero que esse seja o padrão da Rede Globo daqui para frente."

O ex-presidente gostou do que viu e acrescentou: "Fiquei feliz porque espero que a verdade versada pela Globo ontem seja um novo padrão de comportamento da Globo com a verdade. A Globo não tem que gostar ou não gostar de presidente. Ela não tem que gostar ou gostar do partido. Ela decide na hora de votar. Na hora de informar, tem que informar a verdade. E somente a verdade. Ela tem que falar a verdade".

Depois disso, o Grupo Globo emitiu um comunicado sobre as declarações de Lula: "O ex-presidente está errado. O jornalismo da Globo se dedica a relatar os fatos e a buscar a verdade e vai continuar a fazê-lo, mas não somente os fatos e as verdades que lhe sejam favoráveis".

Mais Notícias