Reportar erro
Lembranças

Xuxa chora ao voltar à casa da infância e relembra temas espinhosos no Caldeirão

Rainha dos baixinhos falou sobre abusos sexuais e crescimento de Sasha

Xuxa
Xuxa foi convidada do Caldeirão do Huck deste sábado (27). Foto: Reprodução/TV Globo
Redação NT

Publicado em 27/02/2021 às 18:57:51,
atualizado em 27/02/2021 às 19:06:38

Xuxa Meneghel foi às lágrimas durante o Caldeirão do Huck deste sábado (27). A eterna rainha dos baixinhos foi homenageada no quadro Visitando o Passado e teve sua carreira relembrada em VTs - um deles narrado por sua filha, Sasha Meneghel -. O programa montou uma réplica da casa onde a apresentadora cresceu na década de 70, em Bento Ribeiro, no Rio de Janeiro, e também deu espaço para que ela falasse sobre diversos assuntos, como abuso sexual e o crescimento de Sasha. O quadro chegou a pico de 17 pontos na Grande São Paulo.

“Poxa, Lu (Luciano Huck), não faz isso”, disse Xuxa, enquanto andava pelos cômodos da casa replicada em estúdio. Sasha então surgiu de surpresa no espaço e as duas se abraçaram bastante emocionadas. “É muito bom trazer uma filha num lugar que não existe mais, né? É muito bom”, pontuou Huck, enquanto acompanhava as duas. O ator Junno Andrade, seu marido, também apareceu.

Xuxa relembrou a infância na residência. Foi nessa época que ela foi descoberta por um olheiro e começou a trabalhar como modelo. Ela recordou as vezes que chegava machucada da rua de brincadeiras e que a família gostava de cantar e jogar cartas e dominó à noite. Na sala de estar, Huck colocou para tocar na vitrola a canção Estrela do Mar (Um Pequenino Grão de Areia), e a apresentadora relembrou quando sua mãe, Alda, falecida em 2018, cantava a música.

Ela falou da relação conflituosa com o pai, Luiz Floriano Meneghel, morto em 2017. Militar, ele era rígido em casa: “A gente chamava ele se Seu Meneghel. Brincava até de ‘Bom dia, Seu Meneghel’, ‘Boa tarde, Seu Meneghel’. Batia continência para ele”. Ela relembrou que o pai só abraçava a família no Natal. “Minha mãe via isso, então ela enchia a gente de carinho. E dizia assim ‘Ele não recebeu, então ele não sabe dar’”, comentou.

Xuxa diz que falou sobre abusos sexuais para ajudar a filha

Xuxa também abriu o jogo sobre abusos sexuais que sofreu na infância. Ela contou que alguns deles aconteceram na época que viveu no apartamento do Rio de Janeiro, remontado em estúdio: “Aconteceram. Se não no apartamento, próximo. Seja na escola, seja em lugares, assim, próximos”.

Xuxa chora ao voltar à casa da infância e relembra temas espinhosos no Caldeirão

Ela também explicou os motivos que a levaram a falar abertamente sobre o assunto, em 2012, durante uma entrevista ao Fantástico. “Primeiro porque eu senti que, eu tendo uma filha menina, eu não queria que ela passasse pelo que eu passei. E eu achei, também, que ela estava tendo algumas atitudes de não querer falar para mim algumas coisas. E eu achei que, se eu me expusesse, se eu botasse para fora, ela ia ter mais confiança em falar coisas para mim”, afirmou.

Sasha fala sobre pressão e expectativas

Outro ponto mencionado no quadro foi o nascimento de Sasha, em julho de 1998. O fato se transformou em um evento midiático, com ampla cobertura do Jornal Nacional - o que causa críticas até hoje, pelo espaço dado ao ocorrido, enquanto no mesmo dia houve o leilão do sistema Telebrás.

Huck perguntou se Sasha se sentiu a pressão de ser “filha da Xuxa”. “Então, acho que criaram uma expectativa sobre o que eu deveria ser, como eu deveria agir, o que eu deveria falar, não falar. Até questão de aparência, que é algo que ninguém mexe. Todo mundo esperava alguém de olhinho azul. Então, acho que essa pressão foi meio que inevitável. Aconteceu. Mas ela me ensinou muito o que eu deveria ouvir e o que deveria entrar por um ouvido e sair pelo outro. Só que isso você só aprende na prática”, reconheceu.



Mais Notícias