Reportar erro
Superação

Izabella Camargo relembra pausa no trabalho: "Foi com muita dor"

Jornalista contou como foi descobrir que estava com Síndrome de Burnout

Izabella Camargo no programa de Amanda Françoso
Izabella Camargo falou com Amanda Françoso - Foto: Divulgação/TV Aparecida
Redação NT

Publicado em 06/01/2021 às 16:01:00

Em entrevista para Amanda Françozo, Izabella Camargo contou como reagiu ao descobrir que foi diagnosticada com a Síndrome de Burnout e precisou parar seu trabalho na Globo para descansar. Ela também deu detalhes do seu livro, que comenta a importância de não ultrapassar os seus limites físicos e psicológicos, e ainda revelou que Arnaldo Saccomani (1949-2020) teve importante participação na sua carreira.

“Isso foi com muita dor”, declarou ao relembrar quando teve que se afastar do trabalho. “Hoje eu acordo todos os dias pra dizer que é muito melhor uma pausa espontânea, do que uma forçada. Eu digo isso, inclusive, no livro, é muito melhor uma pausa voluntária do que uma pausa involuntária. Mas, então, como você vive em uma sociedade que só te estimula a fazer mais, fazer mais, fazer mais, e aí você se sente até culpado por descansar”, acrescentou durante entrevista ao programa De Papo com Amanda Françozo, na TV Aparecida.

“Então, antes de eu viver a Síndrome de Burnout, que é um problema de saúde ocupacional, ou seja, acontece dentro do trabalho como qualquer outro… Síndrome de Burnout é o esgotamento físico e mental pelo excesso de trabalho. E por que é síndrome? Porque é um conjunto de sinais e sintomas, eles não chegam de repente”, completou.

A jornalista trabalhou na Band, SBT e Globo e foi diagnosticada com a síndrome em 2018. Após se recuperar, ela teve uma saída polêmica da emissora carioca e não escondeu que ficou muito chateada com a maneira em que tudo ocorreu, já que enfrentava uma situação dramática na sua vida.

Atualmente, ela tem atuado na internet, escrevendo e fazendo palestras sobre o tema. Seu livro Dá um tempo – Como Encontrar o Limite em Um Mundo Sem Limites questiona se o tempo está passando muito rápido, se há felicidade na vida das pessoas e como cada um divide seu tempo no dia-a-dia para trabalhar, descansar e ter lazer.

“O prefácio é do Cortella. Essas 150 pessoas são pessoas que marcam os nossos tempos. Então, tem Karnal, tem monja Cohen, tem especialistas, psicólogos e psiquiatras, que explicam porque estamos viciados na internet (…). Aí eu tenho o padre Fábio de Melo, eu tenho Fernanda Montenegro, então, eu tenho pessoas de diversas áreas pra falar da mesma questão: como nós estamos lidando com esse excesso de acessos e como nós podemos passar pelo tempo sem adoecer, ou se adoecermos como a gente pode se recuperar mais rápido possível”, relatou.

Arnaldo Saccomani na vida de Izabella Camargo

Izabella Camargo relembra pausa no trabalho: \"Foi com muita dor\"

Izabella trabalhou com Amanda Françozo no programa Fantasia, no SBT, na década de 1990. Na época, ela cantou uma música Bem Que Se Quis, de Marisa Monte, e sua voz chamou a atenção de Arnaldo. O produtor aconselhou a então jovem a estudar na área de comunicação.

“O Arnaldo Sacomani me chamou e disse: 'O que você vai fazer quando crescer?' (…). 'Ah, Arnaldo, ainda não tenho certeza'… 'Ah, vai fazer uma faculdade de jornalismo, procura um curso de locutora porque a sua voz, dependendo do que você usar, pode transmitir muita credibilidade e pode fazer muito bem para as pessoas'”, revelou a jornalista.

De Papo com Amanda Françozo vai ao ar nesta quarta-feira (6), a partir das 21h, na TV Aparecida.

Mais Notícias