Gazeta Esportiva

Pai babão, repórter da Gazeta pede para filha "invadir" programa ao vivo

Jornalista Alexandre Silvestre levou Maria, de 7 anos, para o trabalho

 Pai babão, repórter da Gazeta pede para filha "invadir" programa ao vivo
O repórter Alexandre Silvestre exibe a filha, Maria, ao vivo no Gazeta Esportiva - Foto: Reprodução/TV Gazeta

Paulo Pacheco

Publicado em 30/12 às 20:03:23

O Gazeta Esportiva desta quarta-feira (30) teve a participação de Maria, menina de sete anos filha do repórter Alexandre Silvestre. O jornalista, que é pai "babão" assumido, levou a criança ao trabalho e pediu para ela "invadir" o programa da Gazeta.

continua depois da publicidade

Após informar a provável escalação do Palmeiras para o jogo contra o América-MG, pela Copa do Brasil, Silvestre se despediu, porém a apresentadora Michelle Giannella o impediu de sair do ar.

"Eu quero saber o seguinte: você está nervoso para o jogo de hoje à noite, entre São Paulo e Grêmio?", provocou a jornalista, sabendo que o colega declarou publicamente ser são-paulino. Silvestre, então, pediu permissão para exibir seu "amuleto da sorte" e gritou pela fila.

continua depois da publicidade

"Vem, Maria! Maria! Minha filha, vem cá! Voa aqui, rápido que vai acabar o programa! Põe a máscara, minha filha!", disse o jornalista, de braços abertos para exibir a menina ao vivo na TV.

Silvestre, que participou diretamente da redação de jornalismo da Gazeta, foi trabalhar no plantão de Ano-Novo acompanhado de Maria, são-paulina como o pai. O repórter Tiago Salazar, comentarista do programa, desconfiou do time do coração da garotinha, que apareceu na TV com o uniforme tricolor.

continua depois da publicidade

"Ela falou para mim que ele a obrigou para colocar a camisa", brincou. O veterano Chico Lang também aproveitou para elogiar a menina e tirar sarro do colega: "Ela é maravilhosa, muito bonita. Nem parece filha do Silvestre!".

Veja a "invasão" da filha do repórter do Gazeta Esportiva: