Reportar erro
Protesto

Consciência Negra: CNN chama ato de "vandalismo" e é criticada

Unidade do Carrefour foi depredada em São Paulo após assassinato

CNN Brasil cobre protesto contra assassinato de homem negro
CNN Brasil cobre protesto contra assassinato de homem negro - Foto: Reprodução/CNN Brasil
Paulo Pacheco

Publicado em 20/11/2020 às 20:08:01

A CNN Brasil foi criticada pela cobertura do ato pelo Dia da Consciência Negra, nesta sexta-feira (20). Durante protesto em São Paulo contra o assassinato de João Alberto Silveira de Freitas, espancado até a morte por dois seguranças brancos do hipermercado Carrefour, em Porto Alegre, manifestantes depredaram uma unidade do estabelecimento e foram chamados de "vândalos" pelo canal de notícias.

O perfil da CNN no Twitter excluiu uma publicação com a frase: "Vândalos depredam mercado em São Paulo". Na legenda do CNN Prime Time, apresentado por Márcio Gomes, o termo "manifestantes" foi substituído por "vândalos" após o canal exibir vidros quebrados e portões destruídos do Carrefour.

Na rede social, telespectadores questionaram por que os manifestantes viraram "vândalos" enquanto os assassinos de João Alberto ainda eram chamados de "seguranças".

Minutos depois, a CNN compartilhou outro tweet: "Protesto contra racismo termina em vandalismo em São Paulo".

Confira a repercussão da cobertura da CNN Brasil:

TAGS:
Mais Notícias