Protesto

Consciência Negra: CNN chama ato de "vandalismo" e é criticada

Unidade do Carrefour foi depredada em São Paulo após assassinato

 Consciência Negra: CNN chama ato de "vandalismo" e é criticada
CNN Brasil cobre protesto contra assassinato de homem negro - Foto: Reprodução/CNN Brasil

Paulo Pacheco

Publicado em 20/11 às 20:08:01

A CNN Brasil foi criticada pela cobertura do ato pelo Dia da Consciência Negra, nesta sexta-feira (20). Durante protesto em São Paulo contra o assassinato de João Alberto Silveira de Freitas, espancado até a morte por dois seguranças brancos do hipermercado Carrefour, em Porto Alegre, manifestantes depredaram uma unidade do estabelecimento e foram chamados de "vândalos" pelo canal de notícias.

continua depois da publicidade

O perfil da CNN no Twitter excluiu uma publicação com a frase: "Vândalos depredam mercado em São Paulo". Na legenda do CNN Prime Time, apresentado por Márcio Gomes, o termo "manifestantes" foi substituído por "vândalos" após o canal exibir vidros quebrados e portões destruídos do Carrefour.

Na rede social, telespectadores questionaram por que os manifestantes viraram "vândalos" enquanto os assassinos de João Alberto ainda eram chamados de "seguranças".

continua depois da publicidade

Minutos depois, a CNN compartilhou outro tweet: "Protesto contra racismo termina em vandalismo em São Paulo".

Confira a repercussão da cobertura da CNN Brasil: