Reportar erro
Em 2021

TV Aparecida confirma reality show musical com Amanda Françozo

Apresentadora apresentará o Revelações Brasil

Amanda Françozo sorridente
Amanda Françozo divulgando seu novo programa - Foto: Juan Ribeiro/Divulgação
Redação NT

Publicado em 16/11/2020 às 20:30:00

O programa Revelação Sertanejo mudou de nome e agora irá levar o título de Revelações Brasil, com apresentação de Amanda Françozo. O reality show, que fez sucesso no passado na TV Aparecida, está prevista para estrear em abril do ano que vem. A terceira temporada já abriu as inscrições para que os candidatos interessados possam preencher o formulário.

Nas duas primeiras temporadas, a produção contou com jurados e ficou restrito ao universo sertanejo. Em busca de oferecer maiores oportunidades, a direção decidiu que qualquer artista musical poderá disputar o prêmio máximo. Isso significa que os músicos terão a chance de cantarem músicas nacionais e internacionais.

O Revelações Brasil terá a direção de Felipe Pontes e reportagens de Juliana Luz. Contudo, o formato seguirá igual, tendo seis fases antes de chegar ao momento final. É o público que fica com a responsabilidade de escolher o vencedor.

A TV Aparecida definiu que as inscrições estarão abertas até o dia 15 de janeiro do ano que vem. No último domingo (15), a Amanda Françozo esteve no palco do programa Terra da Padroeira e esteve participando do Santa Receita e do Aparecida Sertaneja nesta segunda (16). Ela aproveitou o espaço para poder falar um pouco mais da competição musical.

No passado, os prêmios ao vencedor foram de R$ 10 mil, a gravação de um EP produzido pelo maestro Rodrigo Costa, equipamentos musicais para uma banda completa, entre eles, violão, bateria e acordeon, e uma viagem a Portugal.

Revelações Brasil cancelado em 2020

O Revelação Sertanejo fez sucesso em 2018 e 2019 e ganhou uma nova temporada – com o novo nome – para 2020, entretanto, a TV Aparecida precisou mudar seus planos por causa da pandemia do novo coronavírus. Com maior segurança no combate contra a Covid-19, a alta cúpula do canal decidiu pela nova data.

Mais Notícias