Reportar erro
Susto

Repórter do Primeiro Impacto é ameaçado ao vivo: "Nós somos criminosos"

Marcelo Bittencourt explicava um acidente que aconteceu em SP

Marcelo Bittencourt ao vivo no Primeiro Impacto
Marcelo Bittencourt foi ameaçado ao vivo - Foto: Reprodução/SBT
Redação NT

Publicado em 03/11/2020 às 15:03:00

O repórter Marcelo Bittencourt passou por um episódio tenso durante o Primeiro Impacto desta terça-feira (3). O jornalista do SBT exibia ao vivo um acidente entre a cidade São Paulo e Guarulhos no final da madrugada, quando um homem exigiu que a câmera não o filmasse, se apresentou como "criminoso" e ameaçou a equipe de reportagem do canal. Após o susto, Bittencourt explicou o ocorrido nas redes sociais.

“Vamos parar de filmar nós aí”, afirmou o rapaz que não queria ser filmado. “Parceiro, cadê a responsabilidade? Você tá no seu trabalho, mas nós somos criminosos. Nós somos criminosos, entendeu parceiro? Dá licença aí, vira essa câmera pra lá. Você pode virar? Vira aí então”, ameaçou.

O jornalista se defendeu e explicou que a câmera estava virada. O bate-boca durou cerca de um minuto e Marcelo continuou o seu trabalho em seguida. “É lógico que o rapaz não quer ser filmado. O que a gente chama aqui é a polícia para fazer a sinalização pra que não ocorra nenhum outro acidente”, detalhou.

Meio constrangido e assustado com o episódio, Bittencourt se desculpou com Dudu Camargo, apresentador da primeira parte do Primeiro Impacto. “A gente pede até desculpa, Dudu Camargo, porque a gente tem que tomar conta da situação. O carro que vinha em alta velocidade acabou perdendo o controle. É possível já ver sinais de embriaguez no rapaz que conduzia o carro”, concluiu.

Assista ao vídeo (créditos: @VideosTVH):

Repórter do Primeiro Impacto se posiciona

Depois de ter participado de um atrito com um homem que não foi identificado pela reportagem, o repórter Marcelo Bittencourt se posicionou através do seu perfil do Twitter. Ele relembrou que diversos profissionais de imprensa estão sendo atacados no dia-a-dia, mas ressaltou que continuou trabalhando mesmo diante da confusão.

“Em um momento que a imprensa vem sofrendo agressões, a maior delas parte de alguns de nossos pares. Hoje flagramos uma irresponsabilidade no trânsito que resultou em acidente. Ao registramos fomos ameaçados. Mesmo assim continuei exercendo minha função”, completou.

Mais Notícias