Reportar erro
Home-office

CNN Brasil monta estrutura exclusiva na casa de William Waack com tela de 75"

Novidade agradou o jornalista, longe dos estúdios por fazer parte do grupo de risco

William Waack ancora jornal da sua casa
Casa de William Waack recebeu telão, iluminação e teve melhora no sinal do áudio - Reprodução
Fabrício Falcheti

Publicado em 24/10/2020 às 17:17:46

A CNN Brasil montou uma estrutura exclusiva na casa de William Waack, para ele seguir participando das atrações do canal. Desde março em esquema de home-office por fazer parte do grupo de risco do coronavírus, o jornalista de 68 anos agora contará com uma tela de LED de 75 polegadas como fundo, apresentando sequências de imagens em movimento nas cores azul, vermelho e branco com o logotipo da CNN.

A estreia da novidade aconteceu no último dia 15 de outubro no Jornal da CNN. Além da tela, houve também uma iluminação especial para o local, dando a impressão de que o apresentador havia voltado para o estúdio - o que ainda não aconteceu.

Segundo apurou o NaTelinha, o resultado no ar foi muito elogiado por William e pela direção do canal de notícias. O âncora também ficou bastante animado porque a equipe da CNN Brasil ainda conseguiu melhorar a qualidade do sinal de áudio, melhorando o retorno para Waack conversar com o estúdio.

O novo aparato também foi utilizado na cobertura do debate entre Donald Trump e Joe Biden, na última quinta-feira (22), e seguirá no Jornal da CNN, que William Waack apresenta de casa, enquanto Roberta Russo fica no estúdio da emissora em São Paulo.

O veterano ainda não tem qualquer previsão de voltar à sede da CNN, ainda mais num momento em que vários nomes da casa testaram positivo para Covid-19, como Monalisa Perrone, Gabriela Prioli, Leandro Karnal e Marcela Rahal.

CNN Brasil se reforça

CNN Brasil monta estrutura exclusiva na casa de William Waack com tela de 75\"

Nesta semana, a CNN Brasil surpreendeu o mercado com a contratação de dois jornalistas da Globo. Márcio Gomes e Glória Vanique foram anunciados como parte do novo projeto de expansão da marca, com uma plataforma de streaming, ampliando a presença multiplataforma da empresa no Brasil.

A debandada de profissionais da emissora carioca para o canal notícias foi facilitada pela mudança no modelo de vínculo que a Globo vem implantando em todos os seus setores, passando de contrato de pessoa jurídica (PJ) para pessoa física (CLT). Com isso, não existem multas milionárias de rescisão.

Mais Notícias