Reportar erro
Desabafo

Babu Santana relembra racismo: "Você é pobre, você é feio, não tem perfil de ator"

Marcelo Tas recebe Babu Santana no Provoca

Marcelo Tas e Babu Santana
Marcelo Tas entrevista Babu Santana - Divulgação/TV Cultura
Redação NT

Publicado em 24/08/2020 às 09:59:54

Babu Santana é o convidado de Marcelo Tas no programa Provoca desta terça-feira (25). Em entrevista realizada remotamente, o ator e agora ex-BBB, mostra sua nova casa e fala sobre a importância da arte em sua vida, como conheceu o grupo Nós do Morro, racismo, Big Brother e também se emociona ao contar a história de sua mãe.

Ele, que venceu duas vezes o Grande Otelo, considerado o maior prêmio do cinema brasileira, relembra do racismo que sofreu ao longo da carreira: "Quando falei que ia fazer um teste pro teatro, me disseram: 'pra que você vai insistir nesse negócio? Você é pobre, você é feio. Você não tem nada a ver, não tem o perfil de ator'.

O profissional conta que como se não bastasse isso, quando conseguiu trabalhar e ser considerado artista, se deparou com uma sociedade que acha que seu trabalho é "vagabundagem" e fruto de uma mamata.

Babu Santana no Morro do Vidigal

Agora vivendo na Ilha da Gigóia, no Rio de Janeiro, também relembra o tempo em que os carros de filmagem não o buscavam na porta de sua casa no Morro do Vidigal –?situação que não acontecia com seus colegas de trabalho. "Um amigo me falou: 'para com esse negócio de favela porque agora você mora na Ilha da Gigóia'. Mas sabe porque eu vim morar aqui? Eu lembro que, quando comecei minha vida como ator, tinha sempre um problema: 'tem que buscar o Babu no Vidigal'. E a primeira vez foi assim: 'olha, o carro tá aí'. Eu falei 'eu tô na porta de casa e o carro não está aqui, não'.

Então, eles responderam: 'Não, está no ponto de ônibus.' O ponto de ônibus da minha casa era uns 400 metros ladeira. [...] Quando eu entrei no carro, o carro foi e buscou outro ator na porta", contou Babu.

O Provoca vai ao ar a partir das 22h15 desta terça.

Mais Notícias