Reportar erro
CNN Brasil

Em primeira entrevista fora da Globo, Falabella fala em "recomeço" ao deixar TV

Ator e diretor foi entrevistado no programa O Mundo Pós-Pandemia

Miguel Falabella no programa O Mundo Pós-Pandemia
Miguel Falabella no programa O Mundo Pós-Pandemia (Foto: Reprodução/CNN Brasil)
Paulo Pacheco

Publicado em 19/08/2020 às 04:44:01

Dois meses após anunciar oficialmente sua saída da Globo, Miguel Falabella concederá sua primeira entrevista na TV sobre a nova fase da carreira. O ator, diretor e dramaturgo participará do programa O Mundo Pós-Pandemia, da CNN Brasil, nesta sexta-feira (21).

Durante a conversa com Daniela Lima, Thaís Herédia, Lia Bock e Luciana Barreto, Miguel Falabella se emocionará ao relembrar momentos da carreira e dirá que se considera pronto para um novo ciclo profissional aos 63 anos.

"Como diria [Carlos] Drummond [de Andrade], amanhã eu recomeço", declarará Falabella, que planeja lançar projetos no teatro, roteiros, livros e séries.

Sobre a pandemia de coronavírus, Falabella brinca sobre as lições aprendidas durante a crise sanitária: "Eu não saio melhor, saio diferente, igual ao Salgueiro".

Miguel Falabella fora da Globo

Contratado da emissora desde 1981, Miguel Falabella recebeu a notícia de que não continuará na Globo após o vencimento. A informação foi confirmada pelo canal e aconteceu meses depois ter sido noticiado pelo NaTelinha uma briga entre ele o diretor de dramaturgia Silvio de Abreu.

"Foram quase 40 anos, toda uma vida. Mas é vida que segue", declarou o roteirista no dia do anúncio de sua saída.

Procurada, a assessoria de comunicação da Globo havia enviado nota sobre o tema: "Como todos sabem, nos últimos anos, temos tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro. Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos. Assim, em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos. Miguel Falabella, assim como outros companheiros, tem abertas as portas da empresa para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas".

Miguel Falabella concede primeira entrevista fora da Globo

Em julho do ano passado, Silvio de Abreu barrou a sinopse de novela que Miguel apresentou ao Fórum de Dramaturgia e chegou a avisar que não tinha a intenção de aprovar uma nova temporada de Eu, a Vó e a Boi (2019), o que se confirmou meses depois.

Na época, a notícia pegou todos de surpresa, uma vez que a primeira leva de episódios ainda estava em processo de gravação.  Isso foi contra a ideia de Miguel, que pretendia escrever várias temporadas da história que é baseada numa thread do Twitter

Fontes próximas à dramaturgia da Globo acreditam que a decisão ocorreu porque  a série não ter sido aprovada por Silvio de Abreu, mas por Glória Perez, e que ele quer ter, inclusive no Globoplay, apenas produções que passaram por seu crivo. Como a experiente novelista não está mais à frente na gestão de novos projetos na área, tudo que foi aprovado por ela foi sendo reavaliado.

O caldo entornou de vez no começo de julho de 2019, quando o dramaturgo e ator apresentou uma sinopse para as 19h. A história acabou sendo reprovada pelo diretor, o que levou a um forte estranhamento entre os dois durante uma reunião na alta cúpula da emissora.

Na ocasião, a Comunicação da Globo disse que não houve nenhuma discussão entre Silvio de Abreu e Miguel Falabella e que a informação não procedia. O roteirista também negou a briga e ironizou. "Adoro o Silvio de Abreu, tenho a maior admiração, nunca briguei com ele na minha vida. É falta do que fazer, falta de uma faxina, de uma cozinha para lavar, uma roupa, um tanque e um salário melhor, obviamente", comentou.

Mais Notícias