Audiência

Com demissão de Mandetta, GloboNews lidera e bate recorde desde áudio de Temer

Desde 2017 a emissora não tinha números tão expressivos numa quinta-feira


Apresentador do Em Pauta
GloboNews ficou em primeiro lugar - Foto: Divulgação

A GloboNews foi o canal pago mais assistido na última quinta-feira (16), dia em que foi confirmada a demissão do então Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, que deixou o cargo após entrar em conflito com o presidente Jair Bolsonaro.

De acordo com dados consolidados da Kantar Ibope, a que o NaTelinha teve acesso em primeira mão, a cobertura da saída do profissional alcançou 204 mil telespectadores, atingindo um desempenho 29% acima em comparação com as quatro quintas-feiras anteriores no Painel Nacional de Televisão (PNT), que leva em consideração a média de 15 praças em que a empresa faz medição de audiência.

O canal de notícias do Grupo Globo trouxe as principais informações da demissão de Mandetta e isso fez com que o índice atingido em audiência numa quinta-feira fosse a melhor desde 2017, quando a GloboNews cobriu o vazamento do áudio do então presidente da República, Michel Temer, em diálogos com o empresário Joesley Batista.

Com a chegada da CNN Brasil, a emissora alterou sua programação e tem apostado em informações sobre a crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Atualmente, a GloboNews tem mais de 20 horas de programação ao vivo, principalmente que tenha foco em debates e análises.

GloboNews x CNN Brasil

A mudança tem surtido efeito e atingido alto desempenho desde o mês passado. No dia 12 de abril, por exemplo, o canal teve quatro vezes mais audiência que a concorrente, que também tem apostado em pautas sobre a Covid-19.

A disputa entre a CNN Brasil e a GloboNews foi muito ventilada devido ao investimento feito pela emissora americana ao entrar no Brasil, com direito a diversas contratações de profissionais da própria Globo.

Mais Notícias