Novidade

Diretor explica novo cenário do "Jornal da Record": "Impacto plástico e estético"

Novo ambiente contou com a assinatura do designer gráfico e artista visual Muti Randolph

Diretor explica novo cenário do
Celso Freitas e Adriana Araújo são os âncoras titulares do "Jornal da Record" - Foto: Divulgação/Record

Publicado em 10/09/2019 às 17:10:27

Por: Naian Lucas

O “Jornal da Record” estreou seu novo cenário na última segunda-feira (09), que contou com a assinatura do designer gráfico e escritor Muti Randolph. O objetivo, de acordo com o diretor de criação do jornalismo da emissora, Rogério Gallo, foi trazer um ambiente com forte impacto visual, moderno e contemporâneo.

“Para refletir a proposta de um telejornal que busca um formato bastante interativo e presente nas redes sociais, em todas as plataformas. Essa ideia tinha que estar no cenário. Essa foi minha maior intenção, ter um cenário que expressasse contemporaneidade”, explicou Gallo em conversa com o NaTelinha.

Com o crescimento da segunda tela, houve certo cuidado para agradar o público mais tradicional, aquele que senta todos os dias no mesmo horário para acompanhar as notícias do Brasil e do mundo, e com aqueles que assistem a atração e comenta os fatos pelas redes sociais.

“A proposta era provocar desengessar o ‘Jornal da Record’ e criar um impacto plástico e estético. Mas evidentemente um telejornal diário precisa de um cenário muito funcional. Então, a preocupação era também ter funcionalidade e um uso muito flexível pelos apresentadores. Por isso incluímos, além da bancada, dois telões que permitem inúmeras combinações”, detalhou.

“Os apresentadores podem caminhar e explorar o cenário de uma maneira muito flexível. Ontem mesmo, no primeiro dia, a gente já descobriu várias maneiras em que isso funciona, ou seja, daqui pra frente vai ser muito interessante de observar”, acrescentou Gallo.

Objetivo alcançado

Para Rogério Gallo, o primeiro dia comprovou aos responsáveis pela montagem do novo cenário que os objetivos foram alcançados: “Esse foi um dos objetivos que a gente atingiu com esse projeto. Eu realmente queria muito que o cenário permitisse esse uso flexível, para que isso se refletisse no formato do jornal, na paginação do jornal, um jornal mais dinâmico, mais rápido, menos previsível, em que você pode ter os apresentadores em várias situações diferentes”.

A trilha e as cores do cenário também foram pensadas para que o telespectador se sentisse atraído em continuar acompanhando as informações do programa. “A gente optou pelo azul e preto, que correspondem à nova identidade visual como um todo, são novas trilhas, novas vinhetas, novos gráficos, novo logo, tudo foi trocado, essa renovação foi completa. Existe uma identidade visual nesse conjunto que está ancorada no azul e no preto e que faz parte de toda a embalagem gráfica do jornal”.

Parceria de sucesso

Para que tudo funcionasse de forma perfeita, Rogério e sua equipe procuraram Muti Randolph. Formado pela PUC-SP, Randolph fez seu primeiro trabalho de arquitetura em 1997. Ganhou popularidade com design orgânico e ilustrações em 3D. Agora se dedica ao trabalho de escritor e designer, tendo sido contratado pela Record para produzir o novo cenário do “Jornal da Record”.

“Grande parceiro meu, que já fez o ‘Canal Arte 1’ comigo, um cenógrafo que gosto muito. O ‘JR’ foi nosso primeiro projeto aqui na Record TV. O próximo será o ‘Fala Brasil’, que já está pronto e deve entrar em construção na semana que vem”, relatou Gallo. O uso da tecnologia não é novidade para Muti, que declarou em entrevistas que é fissurado por tecnologia

Audiência

Na estreia do novo cenário, o "Jornal da Record" obteve crescimento de audiência. Segundo dados consolidados da Kantar Ibope na Grande São Paulo, o noticiário registrou uma média de 5,4 pontos, com pico de 7 e participação de 8% entre 21h41 e 22h40.

Na comparação com a segunda passada (02), o aumento foi de 12%, já que fechou com média de 4,9 pontos.

Boletim do “Jornal da Record”

Já os boletins do "JR" começaram à 00h30, com apresentação de Sergio Aguiar. No primeiro dia, o canal viu sua audiência crescer em quase 30% até 00h45.

Foram 3 pontos de média na Grande São Paulo, enquanto na semana passada, a série "MacGyver" fechou com 2. O jornalístico ainda registrou pico de 4 pontos e participação de 8%.

A partir desta terça (10), serão quatro boletins ao longo do dia, com um revezamento entre Janine Borba e Sergio Aguiar.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!