Polêmico

Jair Bolsonaro sobre os 50 anos do "Jornal Nacional": "Não tem mais teta do governo"

Presidente ainda chamou a Globo de empresa ditatorial

Jair Bolsonaro sobre os 50 anos do
Jair Bolsonaro já esteve no "Jornal Nacional" - Foto: Reprodução/Globo

Publicado em 05/09/2019 às 10:33:00 ,
atualizado em 05/09/2019 às 10:58:15

Por: Redação NT

O “Jornal Nacionalcompletou 50 anos nesta semana e tem feito edições comemorativas para relembrar a trajetória da atração. Muitos políticos parabenizaram o telejornal pelos serviços prestados, mas o presidente Jair Bolsonaro (PSL) optou por ir na contramão dos seus colegas. Questionado sobre o aniversário do “JN”, ele declarou que a produção “não tem mais teta” do governo.

“Agora o JN se prestou, como não tem mais teta, não estão mamando mais, não tem mais propaganda oficial do governo”, declarou o mandatário, ainda acusando o jornal de atacá-lo. “O esporte agora é me atacar. Não vão conseguir, o couro aqui é grosso”, disparou.

Se tornou uma tradição o presidente conversar com jornalistas na saída do Palácio da Alvorada. Na última quarta-feira (04), ele deixava o local para cumprir uma agenda em Anápolis (GO), quando recebeu a abordagem sobre o “Jornal Nacional”. Além de afirmar que a produção não conta mais com dinheiro público, Bolsonaro zombou do fato do canal ter nascido durante a ditadura militar.

“Vocês [jornalistas] falam tanto em ditadura e ela se prima, entre tantas coisas, por fechamento de jornais, rádio e televisões. A Globo nasceu em 1965, ou seja, é uma empresa ditatorial” detonou o político. A pergunta partiu de um site de notícias que segue um editorial alinhado ao Governo Federal.

50 anos do “Jornal Nacional”

O “JN” completou 50 anos no último domingo (01) e celebrou o momento com festa com toda equipe e profissionais que fizeram história no telejornal. O evento aconteceu no bairro Jardim Botânico, no Rio de Janeiro.

“Nos dias de hoje, ocorrer uma celebração de um órgão de imprensa com a relevância do ‘Jornal Nacional’ de 50 anos, é uma forma de dizer ao Brasil que estamos aqui, estamos atento e não desistimos. Estamos aqui em nome do nosso compromisso profissional, com cidadão brasileiro, com a democracia”, comentou William Bonner.

A produção do jornal tem feito diversas reportagens especiais para comemorar os 50 anos do “Jornal Nacional”.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!