Jornalismo

Na Maisa, Rachel Sheherazade desabafa: "Nossa profissão está sendo tão bombardeada"

Pedro Bial rasgou elogios à âncora do SBT e relembrou momentos de sua carreira

Na Maisa, Rachel Sheherazade desabafa:
Rachel Sheherazade foi uma das convidadas do "Programa da Maisa" deste sábado

Publicado em 03/08/2019 às 15:36:52 ,
atualizado em 03/08/2019 às 15:50:19

Por: Redação NT

Neste sábado (3), foi ao ar o "Programa da Maisa" que reuniu dois jornalistas: Pedro Bial e Rachel Sheherazade.

Durante toda a atração, Maisa abordou muitas questões sobre o jornalismo atual. A apresentadora do "SBT Brasil" revelou: “Eu sou apenas alguém querendo fazer jornalismo, num momento muito difícil para os jornalistas, onde a nossa profissão está sendo tão bombardeada, tão atacada injustamente. Então eu sou apenas uma resistente”.

Pedro Bial concluiu, elogiando a âncora: "Uma mulher de coragem. Quando dá medo, vai com medo mesmo".

Jornalismo

Ao longo de toda a edição, o jornalismo foi tema e Pedro Bial falou sobre os principais obstáculos da profissão: "Eu acho que o maior desafio é a gente fazer cada vez melhor o nosso trabalho e não se curvar a pressões e interesses políticos e econômicos. A gente é movido pela desconfiança. O jornalista desconfia de tudo e a desconfiança é o motor da democracia”.

Bial, que está na profissão desde 1981, já cobriu inúmeras matérias importantes. Uma delas, e que foi exibida no programa, foi a queda do Muro de Berlim, em novembro de 1989.

Pedro ainda falou sobre essa fase de repórter: "A reportagem sempre deixa uma saudade. Na rua, você tem que viver aquilo que você está cobrindo, você dá o seu testemunho. Você tem um compromisso com a verdade".

No Twitter, os telespectadores gostaram de rever os momentos: "Pedro Bial tem muita história pra contar de tudo que ele já viveu como Jornalista", disse um.

Outra seguidora rememorou: "Me lembro perfeitamente desse dia que o Pedro Bial cobriu a queda do muro de Berlim. Sou idosa? Talvez".


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!