Texto de Carlos Lombardi

"Mamonas Assassinas" avança na Ancine e minissérie deve ser produzida em 2019

Minissérie sofreu muitos percalços e chegou a ser cancelada pela Record

Todos os membros da banda Mamonas Assassinas morreram em acidente aéreo. Trajetória do grupo deve virar minissérie de Carlos Lombardi na Record. Foto: Divulgação

Publicado em 31/07/2019 às 11:04:34 ,
atualizado em 31/07/2019 às 15:27:16

Por: Naian Lucas com Daniel César

A minissérie que vai contar a trajetória da banda Mamonas Assassinas finalmente deve sair do papel. É o que afirmou o autor Carlos Lombardi, responsável pelo roteiro do projeto, em seu perfil nas redes sociais. A produção é uma parceria da Record com a Produtora Total.

Em post feito em seu perfil pessoal no Instagram, o dramaturgo escreveu: "E não é que a mini dos Mamonas Assassinas vai sair?" A frase foi uma legenda da foto que mostrava o próprio Carlos Lombardi, ao lado da produtora Walkiria Barbosa, proprietária da Total, seu marido e o diretor que vai tocar o projeto, Léo Miranda.

O NaTelinha apurou que a afirmação do roteirista se deu porque o processo para "Mamonas Assassinas" sair do papel na Ancine (Agência Nacional do Cinema) andou bastante nos últimos tempos e uma série de documentação foi entregue para que o projeto seja definitivamente aprovado.

A expectativa dos envolvidos é de que a história entre em pré-produção no mês de setembro e existe a possibilidade d as gravações serem iniciadas ainda neste ano. Vale lembrar que, caso seja confirmada, a obra vai ao ar na Record, emissora que comprou os direitos de produção.

A história da banda que morreu tragicamente num acidente aéreo em 1996 começou a ser projetada na Record em 2015, ainda com Carlos Lombardi como um dos contratados da emissora. Um imbróglio com a antiga produtora que estava tocando o projeto fez com que a Record cancelasse a produção. 

Mesmo já tendo deixado a casa, Lombardi foi chamado para roteirizar a minissérie quando o canal acertou uma parceria com a Total e o projeto voltou a entrar em pauta. No ano passado, a minissérie chegou a ser confirmada, mas atrasos na Ancine inviabilizaram a ideia, que voltou a ficar ameaçada com a paralisação da Agência no início do governo Bolsonaro.

A reportagem apurou que nas últimas semanas, a Ancine conseguiu desenrolar alguns projetos e a minissérie está em vias de liberação de recursos, o que torna a minissérie viável para já entrar em pré-produção. 

"Mamonas Assassinas", caso entre mesmo no ar, marcará o retorno de Carlos Lombardi à TV após um hiato que acontece desde 2014, quando terminou a novela "Pecado Mortal".

Procurada pelo NaTelinha, a Record disse ainda não ter nenhuma informação sobre a minissérie.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!