Estreia

Silvia Poppovic chama Michel Temer de "feio" e assusta Roberto Justus no "Aqui na Band"

Veja como foi a estreia do novo programa da Band

Silvia Poppovic chama Michel Temer de
Silvia Poppovic no "Aqui na Band" - Foto: Reprodução/Band

Redação NT
i

Redação NT

O NaTelinha é um site pioneiro em entretenimento e cultura de televisão no Brasil, sendo referência por sua ética e credibilidade, trazendo sempre a verdade, como deve ser. Twitter: @sitenatelinha / Instagram: @sitenatelinha / facebook.com/sitenatelinha

Publicado em 27/05/2019 às 11:11:59 Atualizado em 27/05/2019 às 11:21:42

Estreou nesta segunda-feira (27) o programa “Aqui na Band” com Silvia Poppovic e Luís Ernesto Lacombe. Entre os momentos de destaque, a apresentadora surpreendeu ao chamar o ex-presidente Michel Temer de feio. Ao longo da edição, também foi prometida uma entrevista com Veruska Seibel, que irá compor o elenco da atração com um quadro e falaria sobre o marido, Ricardo Boechat, morto em um trágico acidente aéreo em fevereiro. Porém, a pauta foi adiada para amanhã.

 Abordando o amor entre pessoas mais velhas, Silvia não perdoou Temer: "Ela é uma mulher linda [Michelle Temer] e todo mundo ficou se perguntando como ela se apaixonou por um homem considerado feio". Um dos convidados da edição, Roberto Justus tento apaziguar: "Ah, ele não é tão feio assim".

Antes de entrar nas pautas, o matinal iniciou com notícias do último final de semana e a manhã de hoje. Para falar sobre os protestos em favor da Reforma da Previdência e do Pacote Anti-crime, o governador do Estado de São Paulo, João Dória, conversou com os apresentadores.

“Me posicionei inicialmente contra os protestos, mas temos que aceitar, pois vivemos numa democracia. As pessoas deram apoio a Reforma da Previdência, que fará o Brasil crescer. Só não podemos pedir o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF)”, disse o político.

Dória parabenizou a estreia do programa e desejou sorte para Luís Ernesto e Poppovic. Aproveitou o espaço para noticiar que os índices de criminalidade no Estado paulista diminuiu no primeiro trimestre deste ano: “Todos os tipos de crimes caíram em São Paulo nos três primeiros meses”.

Logo em seguida, a atração mostrou a briga de Whindersson Nunes com Carlinhos Maia e informou que o recém-casado com Lucas Guimarães desativou suas contas nas redes sociais. O responsável pelo GC deixou passar um erro de digitação e escreveu “Instragram” ao invés de “Instagram”.

Roberto Justus no palco

O empresário e apresentador de “O Aprendiz” esteve presente na estreia e participou do debate em relação aos casais com grande diferença de idade. Roberto, de 64 anos, é casado com Ana Paula Siebert, de 31.

“A gente se conheceu numa das temporadas de ‘O Aprendiz’ e a Record faria uma nova edição com antigos participantes. Ela entrou na minha sala e, recém-separado, fiquei encantado. Aí avisei ‘você não vai participar desse programa’”, contou o comunicador aos risos.

Um especialista conversou sobre como os hormônios das pessoas funcionam quando estão apaixonadas e também analisou o motivo que poderia ter feito Michelle Temer se apaixonar por Michel Temer. “O poder é afrodisíaco e a beleza está nos olhos de quem se apaixona”, explicou.

O empresário brincou com Lacombe no quadro “Caixa da Fortuna”, mas não conseguiu tirar a barra de ouro do recipiente. A brincadeira dará a oportunidade ao público para participar ao vivo com os apresentadores e ganhar prêmios especiais.

Em meio ao debate da pauta, Roberto Justus aproveitou e esclareceu uma possível briga com Vildomar Batista, diretor do “Aqui na Band”. “Disseram que eu discutir com o Vildomar na Record. Isso não é verdade. Passou longe de qualquer confusão. É mentira”.

Doce Veruska

A jornalista foi convidada por Silvia Poppovic para integrar a equipe de produção do programa. Ela terá a oportunidade toda semana de apresentar histórias de famílias que precisaram superar dificuldades.

O quadro recebeu o título de “Doce Veruska”, apelido carinhoso que a comunicadora ganhou do seu falecido marido. A estreia ocorreria com a própria, porém, a produção deixou a conversa para a próxima terça-feira (28).

Mas um dos trechos exibido pelo programa mostrou ela relatando as dificuldades de superar a morte de Ricardo Boechat. “Eu perdi meu companheiro, eu perdi meu amigo, eu perdi meu amor”, declarou em lágrimas.

Veruska abriu as portas da sua casa e explicou como tem funcionado a rotina da família desde o falecimento do seu marido. “Estou tentando renovar a energia desse lugar. Trazendo as meninas para estudar música e tocar aqui. Ele [Ricardo Boechat] adorava isso”, comentou.

Apesar de Boechat ser um jornalista respeitado, a mãe de Veruska não aprovou o namoro do casal. “Quando comecei a namorar, minha mãe começou a chorar e falar ‘minha filha vai casar com um divorciado e com quatro filhos’. Por isso eu digo que precisamos abrir a cabeça”, falou.

Apesar do momento emocionante, ocorreu outro erro de GC. A produção escreveu "Veruska Boecha" ao invés de "Veruska Boechat". 

A conversa completa será levada na íntegra, caso a produção não mude de ideia novamente, amanhã, a partir das 09h.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!