Reportar erro
Três décadas

De sushi erótico a incêndio: as bizarrices do “Domingão do Faustão” em seus 30 anos

Há exatos 30 anos, estreava o "Domingão do Faustão" na Globo

Faustão-Churrasqueira-fogo_eccbde1501bc23e90bc5a7c24d4be934d0ac7136.jpeg
"Domingão do Faustão" faz 30 anos nesta terça-feira (26)
Naian Lucas

Publicado em 26/03/2019 às 08:44:19

No dia 26 de março de 1989, estreava na Globo o “Domingão do Faustão”. O programa entrava no ar por volta das 15h e tinha diversas missões na emissora, como frear o crescimento do SBT aos domingos e resgatar a transmissão ao vivo na área de entretenimento do canal.

Ao longo dos seus 30 anos, Faustão se consolidou como um dos principais profissionais da área e hoje recebe o salário mais alto entre os apresentadores da televisão brasileira. Essa popularidade se criou através de modificações do “Domingão” durante esse período no canal dos Marinhos.

Por conta disso, o NaTelinha resolveu relembrar as maiores bizarrices da atração que repercutiram nas ruas e também viraram memes na internet.

Confira a lista:

“Sushi Erótico”

De sushi erótico a incêndio: as bizarrices do “Domingão do Faustão” em seus 30 anos

Com o sucesso do “Domingo Legal”, comandado por Gugu Liberato, a direção do programa do Faustão resolveu verificar quais os principais pontos da concorrência. Um dos fenômenos era a “Banheira do Gugu”. Para bater de frente, Faustão passou a exibir o “Sushi Erótico”.

Uma mulher ficava nua no palco e era protegida apenas por sushis e sashimis. José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, não gostou nada e deu uma bronca no apresentador e na direção da atração.

Incêndio na churrasqueira

De sushi erótico a incêndio: as bizarrices do “Domingão do Faustão” em seus 30 anos

Um dos maiores memes da internet é a churrasqueira pegando fogo no “Domingão”. O ano era 1994 e o programa apresentava o quadro “Os Inventores”, que permitia que pessoas levassem suas criações ao palco. Marcolino Pereira levou sua churrasqueira que funcionava com controle remoto.

Ao ligar, a churrasqueira começou a pegar fogo e assustou Faustão. “Tá pegando fogo, bicho”, foi à reação do apresentador ao ver as chamas no palco. A equipe do “Domingão” necessitou apagar o fogo e o momento marcou esses trinta anos do dominical.

Latininho

De sushi erótico a incêndio: as bizarrices do “Domingão do Faustão” em seus 30 anos

Em 1996, Rafael Santos participou do programa e foi apelidado como "Latininho" em referência ao cantor Latino. A atração recebeu condenação e precisou indenizar o jovem. Rafael tem síndrome de Seckel, medindo 87 centímetros, além de ter problemas mentais.

Na época, o caso chamou atenção e gerou críticas dos jornalistas especializados. A Globo chegou a propor um acordo ao SBT para que fosse criado um código de ética entre as duas emissoras, mas o canal de Silvio Santos não aceitou.

O macaco com a vassoura

De sushi erótico a incêndio: as bizarrices do “Domingão do Faustão” em seus 30 anos

Faustão levou ao programa um macaco chamado Jango. Ele foi apresentado como um limpador e carregava uma vassoura no palco do “Domingão”.

Porém, sem explicação, o animal conseguiu escapar do seu dono e correu pelo estúdio. O apresentador, com medo, fugiu. O momento é encontrado com facilidade na internet e virou meme nas redes sociais.

“A dança do gato louco”

De sushi erótico a incêndio: as bizarrices do “Domingão do Faustão” em seus 30 anos

Assim anunciou o apresentador o participante do “Se Vira nos 30”. Tiago pintou o rosto para se caracterizar como gato e começou a dançar.

Entretanto, a situação bizarra foi o som feito por ele com a boca imitando o animal. No fim, o rapaz dançou com uma das bailarinas.

Mais Notícias