Mudanças

Globo não descarta migrar o "Mais Você", de Ana Maria Braga, para a faixa da tarde

Após cancelamento do "Vídeo Show", Globo faz estudos para a grade vespertina

Globo não descarta migrar o
Divulgação/TV Globo

Publicado em 16/01/2019 às 10:06:06

Por: Sandro Nascimento

Dentre os projetos delineados para a nova programação da Globo, estaria a transferência do matutino "Mais Você", de Ana Maria Braga, para as tardes da emissora. A tarefa seria estancar as sucessivas derrotas para as fofocas de "A Hora da Venenosa", exibido pela Record TV dentro do "Balanço Geral SP".

Procurada para comentar a informação, a Globo não descartou a possibilidade "Não há nada definido e vários projetos em discussão para o horário", disse.

O NaTelinha apurou que além do "Mais Você", o programa "Encontro com Fátima Bernardes" também estaria sendo cotado pra integrar a grade vespertina do canal em 2019.

Dentro da produção do "Mais Você", não se acredita que seja efetivada a mudança da sua atual faixa de exibição. Justificam a descrença ao fato do feminino ser o produto mais consolidado, comercialmente e de público, dentro da grade das manhãs na Globo.

Além disso, acreditam que qualquer mudança de horário precisa antes passar pela chancela das empresas que anunciam no "Mais Você". Destacam que Ana Maria Braga possui vínculo como garota-propaganda com diversas marcas e empresas e que as negociações destes contratos possuem estratégias de público mensurados dentro da faixa de público matinal.

Ana Maria Braga completa 20 anos de Globo

Em junho, Ana Maria Braga completa 20 anos como contratada da Globo. Quando estreou o "Mais Você", em outubro de 1999, a atração era exibida no período da tarde, às 13h40, e perdia constantemente para o mexicano "Chaves", do SBT.

Nove meses depois, aproveitando o período eleitoral da época, a Globo anunciou a migração do "Mais Você" para a faixa da manhã.

"Nossas pesquisas apontaram esse como o segundo melhor horário para colocarmos o 'Mais Você', como as circunstâncias nos obrigaram, estamos aproveitando para fazer um teste", justificou Roberto Buzzoni, diretor da central de programação da Globo à Folha de São Paulo na época.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!