Presidente

"Minha arma, minha vida": TV em Brasília faz trocadilho com Bolsonaro

Divulgação

Publicado em 15/01/2019 às 16:36:36

Por: Naian Lucas

A TV Brasília, afiliada da RedeTV! na capital federal, surpreendeu os telespectadores nesta terça-feira (15), ao exibir em seu GC uma frase em referência ao decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro que facilita a posse de armas no Brasil.

O governante discursou para falar da flexibilização da posse de arma no país e explicou como vai funcionar a dinâmica para um cidadão ter um revólver, por exemplo, para poder se defender.

Contudo, não foram as frases usadas por Bolsonaro que chamaram atenção dos telespectadores brasilienses, mas o GC usado pela TV Brasília enquanto exibia as imagens do presidente.

“Minha Arma, Minha Vida: Bolsonaro facilita posse de arma para legítima defesa no país”, foi exibido na tela da emissora afiliada da RedeTV!. O fato ganhou repercussão nas redes sociais e muitos internautas ironizaram o trocadilho criado pelo canal.

“Achei "minha arma, minha vida" bem conveniente. As duas coisas que muito provavelmente você vai perder ao mesmo tempo”, escreveu uma usuária na sua conta no Twitter.

Bolsonaro e debate na RedeTV!

Foto: Folha/UOL

Um dos poucos debates que Jair Bolsonaro participou durante as eleições 2018 foi na RedeTV!. Ao falar sobre a igualdade salarial entre homens e mulheres, a ex-senadora Marina Silva confrontou o presidente, na época candidato, em relação as suas falas sobre o tema.

Os analistas políticos criticaram o desempenho do político no debate, não apenas por ter sido enquadrado por Marina, mas também por ter se enrolado ao responder um questionamento feito pelo jornalista Reinaldo Azevedo.

Bolsonaro e Superpop

Apesar da sua última ida a RedeTV! não ter sido das melhores, Jair Bolsonaro ganhou projeção nacional após participar diversas vezes no "Superpop", comandado pela apresentadora Luciana Gimenez.

Com frases polêmicas e confrontos contra a comunidade LGBTI, o político foi ganhando notoriedade e conquistando a simpatia de grupos evangélicos e boa parte do público conservador.

A relação de Bolsonaro com as emissoras de televisão

O presidente tem sido bem receptivo com a Record TV e o SBT. Além de ter dado entrevistas exclusivas as duas emissoras, reuniu-se com Silvio Santos e recebeu o apoio durante as eleições do bispo Edir Macedo.

O presidente também mantém bom relacionamento com a Band, tanto que chamou Datena para dar uma entrevista exclusiva dias depois de ter sido eleito. Já a RedeTV! sinalizou apoio ao novo governo. O vice-presidente do canal, Marcelo de Carvalho, fez elogios ao político no “Programa Raul Gil”.

A Globo é a única emissora que continua tendo estranhamentos com Bolsonaro. O presidente tem anunciado que vai fazer alterações no método de distribuição do BV (Bonificação por Volume), que é o pagamento de um bônus às agências, proporcional ao investimento realizado por seus clientes na compra de mídia.

Diretores das concorrentes da Vênus Platinada afirmam que a supremacia global existe por conta do BV. Com possíveis modificações, os profissionais da área acreditam que a emissora pode perder o monopólio no mercado publicitário e a disputa por anúncios se torne mais democrática.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!