No "SBT Brasil"

Equipe de jornalismo do SBT comemora segundo "furo" com entrevista de Bolsonaro

Audiência estável e terceiro lugar nesta quinta (03) ficaram em segundo plano

Jair Bolsonaro dando entrevista para Carlos Nascimento, Débora Bergamasco e Thiago Nolasco
Reprodução

Publicado em 04/01/2019 às 17:18:46

Por: Fabrício Falcheti

O SBT saiu na frente e foi a primeira emissora a entrevistar o presidente Jair Bolsonaro após a sua posse.

Conforme antecipado pelo NaTelinha, os jornalistas Carlos Nascimento, Débora Bergamasco e Thiago Nolasco gravaram a conversa no Palácio do Planalto, em Brasília, na tarde desta última quinta-feira (03) para exibição no mesmo dia, no "SBT Brasil".

O material ocupou cerca de 30 minutos do telejornal, de um total de 45 minutos - ou seja, 2/3 da sua duração.

Em termos de audiência, o "SBT Brasil" registrou 6,8 pontos de média, praticamente mantendo o que alcançou nas últimas quatro quintas-feiras. A saber: marcou 7,1 pontos no dia 06 de dezembro, 6,7 em 13/12, desabou para 5,4 no dia 20 e atingiu 6,6 pontos em 27 de dezembro. Ontem, o jornal ficou em terceiro lugar, perdendo para a reprise da novela "A Terra Prometida", que marcou 8,0 na Record TV.

Mas de maneira geral, conforme apurado pela reportagem, todo o departamento de jornalismo do SBT está feliz da vida, já que a entrevista com Bolsonaro é o segundo furo - jargão utilizado para a informação ou pauta publicada na frente dos demais veículos - em poucas semanas.

Recentemente, o "SBT Brasil" também exibiu uma conversa exclusiva com Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro investigado no Ministério Público por movimentações atípicas em sua conta bancária. Na ocasião, a entrevista foi repercutida pelo "Jornal Nacional", que citou o SBT quase 10 vezes em poucos minutos.

Ontem, Jair Bolsonaro comentou o caso Queiroz, falou sobre mudanças na idade mínima para a aposentadoria e os parâmetros para o direito a ter armas em casa, entre outros assuntos.

Logo após a exibição, o "Jornal Nacional" mais uma vez mencionou o SBT ao informar sobre a declaração do presidente quanto à Reforma da Previdência, de que a idade para aposentadoria poderia ser de 62 anos para homens e 57 anos para mulheres.

Esses dados são consolidados e referem-se a um grupo de telespectadores na Grande SP.



publicidade

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!