Tentou ser beijada

Repórter da Globo diz que ficou surpresa com sua reação após assédio na Rússia

Reprodução

Publicado em 25/06/2018 às 10:26:50

Por: Fabrício Falcheti

A repórter Júlia Guimarães participou do "Mais Você" desta segunda-feira (25) e revelou que se surpreendeu com sua própria reação ao tentar ser beijada por um homem enquanto se preparava para entrar ao vivo antes da partida entre Japão e Senegal, domingo (24), na Rússia.

"Confesso que fiquei surpresa com minha reação. Eu nunca tinha passado por isso e eu ficava pensando: 'Se isso acontecesse comigo, como eu iria reagir?'. Fiquei feliz com a reação. Espero que essa reação seja exemplo e reflexão para outras mulheres não só no jornalismo, mas para outras áreas e profissões", disse a repórter da Globo.

Júlia contou que essa foi a segunda vez que encarou assédio na Rússia. Na primeira, estava entrando em link no "Bom Dia Brasil". E afirmou que nunca foi assediada no Brasil. "Eu já tinha visto colegas fazerem a campanha 'Deixa ela trabalhar', que eu apoiei, mas nunca tinha ocorrido comigo".

Ontem, Júlia Guimarães se preparava para entrar no "Esporte Espetacular", quando um homem, que segundo ela era russo, se aproximou e tentou beijá-la. A jornalista se afastou e pediu respeito, em inglês: "Nunca mais faça isso. Nunca mais faça isso com uma mulher. Eu não permiti que você fizesse isso".

A reação foi elogiada por colegas de Globo, como Fernanda Gentil e Glenda Kozlowski. A primeira também participou do "Mais Você" e disse: "Minha opinião é já um elogio. Imagino que você queira virar essa página, liquidar essa fatura, porque você está fazendo um trabalho maravilhoso. Parabéns pela sua reação".

Já Glenda usou o Instagram. "Talento. Elegância e educação! Por mais Julias entre nós! Não somos depósito de beijos roubados. E quanta classe para botar o cidadão no lugar dele! Uma aula! Parabéns", escreveu.



publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!