História da música

Documentário com Ivete Sangalo e Daniela Mercury entra no catálogo da Netflix

Projeto conta a história do axé e do carnaval da Bahia

Documentário com Ivete Sangalo e Daniela Mercury entra no catálogo da Netflix
Ivete Sangalo no documentário - Foto: Reprodução

Publicado em 12/08/2020 às 18:17:07

Por: Redação NT

A Netflix adicionou nesta quarta-feira (12) em seu catálogo o documentário Axé - Canto do Povo de Um Lugar (2016). O filme de Chico Kertész conta com a participação de Ivete Sangalo e Daniela Mercury e relata a história do axé, desde surgimento até o sucesso em todo o país. A produção foi lançada em 2016 e tem grande prestígio com os especialistas de cinema.

O projeto foi premiado em 2017 na 8ª edição do Festival de Filme Independente da Áustria como Melhor Documentário. Considerado um dos grandes marcos da música, o Axé Music tem diversas histórias e o responsável pelo enredo apresentou imagens raras de arquivo e depoimentos de nomes que marcaram o ritmo musical.

Além de Ivete e Daniela, também estiveram falando sobre o axé os cantores Bell Marques, Saulo, Caetano Veloso, Wesley Rangel, Max Pierre, Gilberto Gil, Cláudia Leitte, entre outros artistas que ajudaram o desenvolvimento do axé na cultura popular do país.

“Originário da Bahia e considerado hoje um dos movimentos musicais mais globalizados do mundo, o axé é um ritmo musical que carrega em sua essência boa parte de todo o sincretismo musical e cultural baiano. Acompanhe entrevistas e imagens de arquivo com objetivo de traçar um ponto inicial do nascimento do gênero”, diz a sinopse original.

Documentários musicais

Os documentários musicais brasileiros ganharam espaço nas plataformas de streaming desde 2018, quando a Netflix lançou o Vai Anitta. O Globoplay também passou a competir neste mercado e, recentemente, acrescentou em seu catálogo o Sandy e Júnior – A História.

Apesar de não ser uma produção original da Netflix, Axé – Canto do Povo de Um Lugar fez muito sucesso entre os artistas. As críticas feitas sobre o documentário apontaram que o projeto traz um retrato das décadas do carnaval de Salvador.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!