Troca-troca

Para estrelar A Bela e a Fera, Emma Watson recusou papel que rendeu Oscar

Atriz havia sido escalada como protagonista de La La Land, filme que consagrou Emma Stone em 2017

Para estrelar A Bela e a Fera, Emma Watson recusou papel que rendeu Oscar
Emma Watson rejeitou papel em La La Land para atuar em A Bela e a Fera; Emma Stone aceitou o trabalho e venceu Oscar - Fotos: Reprodução

Publicado em 26/07/2020 às 13:00:00

Por: Walter Felix

A Bela e a Fera, cartaz da Temperatura Máxima neste domingo (26), na Globo, foi a realização de um sonho para Emma Watson. Fã da animação original, lançada com grande sucesso em 1991, ela recusou o posto de protagonista em La La Land para viver a Bela no filme da Disney. Já no musical de Damien Chazelle, a estrela foi substituída por Emma Stone, que levou o Oscar de melhor atriz em 2017 por aquele trabalho.

À época, noticiou-se que Emma Watson e Miles Teller eram as primeiras opções de Chazelle para o elenco La La Land. Protagonista de Whiplash (2014), do mesmo diretor, Teller também ficou de fora da produção. O filme acabou estrelado por Emma Stone e Ryan Gosling, e abocanhou 14 indicações ao Oscar, com êxito em várias outras premiações.

Segundo a imprensa norte-americana, Watson perdeu a vez em La La Land por fazer “exigências demais”. Ela teria pedido que os ensaios das cenas fossem feitos em Londres, na Inglaterra, enquanto o filme se passava em Los Angeles, nos EUA. A atriz também não teria gostado tanto da personagem Mia, optando por privilegiar a princesa da Disney.

Em 2017, durante uma coletiva de imprensa, Emma Watson afastou os boatos, afirmando que o conflito de agenda impediu que ela atuasse em La La Land. Ela pontuou que já havia firmado compromisso com as filmagens de A Bela e a Fera. “É uma das coisas frustrantes que acontecem quando um nome é ligado a um papel cedo demais, sem qualquer previsão ou acerto concreto de detalhes, só para antecipar a ansiedade e expectativa em torno do que está por vir”, disse a atriz.

Como a Mia de La La Land, Emma Stone foi amplamente premiada, levando para casa Oscar e Globo de Ouro. Mas Watson não saiu de mãos abanando naquele ano: recebeu prêmios menos renomados, como o Teen Choice Awards, voltado para conteúdo infantojuvenil. A fantasia também foi mais rentável que o musical: US$ 1,2 bilhão contra US$ 446 milhões.

Curiosamente, Gosling, o astro de La La Land, foi um dos primeiros nomes cogitados para viver a Fera no filme da Disney, papel que foi defendido por Ewan McGregor. O ator recusou esse trabalho justamente para atuar no longa de Damien Chazelle, que também lhe rendeu uma indicação ao Oscar 2017.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!