Reportar erro
Novos episódios

Diário de um Confinado recebe aval da Globo para uma segunda temporada

Séria de humor terá seis novos episódios

Bruno Mazzeo
Bruno Mazzeo é protagonista de Diário de Um Confinado - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 12/08/2020 às 09:30:00

A série Diário de um Confinado ganhará uma segunda temporada na Globo, com seis novos episódios criados e protagonizados por Bruno Mazzeo. A produção irá tratar da flexibilização do isolamento social que está ocorrendo em diversos estados do país e seguirá com elenco estrelado, com a participações de Renata Sorrah e Fernando Torres.

De acordo com informações publicadas nesta quarta-feira (12) pela colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a emissora deu o sinal verde para que Mazzeo inicie os trabalhos da produção, juntamente com a esposa, a diretora Joana Jabace.

Os dois criaram a série e gravaram as cenas na própria casa. Além disso, contou com participações remotas de nomes bem conhecidos, como Renata Sorrah, Debora Bloch, Fernanda Torres, Lucio Mauro Filho e Matheus Nachtergaele.

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de comunicação da Globo não se manifestou até o momento. Caso haja retorno, a reportagem será atualizada.

Diário de um Confinado e seu enredo

Diário de um Confinado recebe aval da Globo para uma segunda temporada

A história gira em torno de Murilo, um homem solteiro que resolveu acatar as recomendações de especialistas de saúde e se isolou em seu apartamento. Através do ponto de vista do protagonista que o público acompanha situações cômicas durante o período de quarentena.

Exibida na faixa I da linha de show da Globo aos sábados, sucedendo o Zorra, o programa estreou no dia 4 de julho com a audiência mais alta no horário nos últimos dois meses, consolidando com 19,8 pontos.

Bruno Mazzeo tem na sua equipe de colaboração Rosana Ferrão, Leonardo Lanna e Veronica Debom. A primeira temporada teve quatro episódios e foi disponibilizada no Globoplay, fazendo parte da programação da Globo e do Multishow no mês passado. Todo o conteúdo acabou sendo produzido de maneira remota.

Mais Notícias