Relembre

Há 13 anos, A Diarista saiu do ar prometendo retorno que nunca aconteceu

Baixa audiência, boatos de briga e problemas de saúde de Claudia Rodrigues rondaram bastidores da série

Há 13 anos, A Diarista saiu do ar prometendo retorno que nunca aconteceu
Imprensa dava conta de que Dira Paes e Claudia Rodrigues não se bicavam nos bastidores de A Diarista; atrizes sempre negaram - Fotos: Divulgação/Globo

Publicado em 26/07/2020 às 14:15:00

Por: Walter Felix

A Diarista, uma das séries de humor de maior sucesso da Globo, deixou uma legião de fãs que, até hoje, torcem por reprises na TV aberta. A atração protagonizada por Claudia Rodrigues saiu do ar há 13 anos, sendo substituída por Toma Lá Dá Cá. Na despedida, a intérprete de Marinete assegurou sua volta à programação no ano seguinte, o que não ocorreu.

Ao final do último episódio de A Diarista, exibido em 31 de julho de 2007, Claudia Rodrigues fez um discurso destacando que Marinete nunca fugiu do batente. “Quase 4 anos invadindo a sua telinha para prestar os serviços: espanando o mau humor, lavando, cozinhando, tudo isso para deixar a sua terça-feira mais feliz”, disse.

“Ela recebeu o 13º adiantado e vai sair de férias até o final do ano. Mas é rapidinho: tudo isso para o programa voltar tinindo e deixar a programação no maior pique no ano que vem. E eu vou embora, mas antes quero agradecer pelo sucesso de A Diarista, a sua convivência, a sua preferência. Obrigada aí pelas grandes referências. Valeu, chefia”, finalizou Claudia.

A aparição da atriz em fala direta com o público não era algo excepcional. Com frequência, ela interrompia o episódio para convidar a audiência para o próximo bloco, antes do último intervalo. O humorístico ia ao ar tarde, depois do Casseta & Planeta, e vinha enfrentando queda de público, fator apontado como uma das razões para que a terceira temporada fosse abortada na metade.

Em 2007, Claudia Rodrigues e Dira Paes negaram brigas no bastidores de A Diarista

Criada por Glória Perez, a série nasceu de um piloto, exibido no fim de 2003, e chegou ao fim após três temporadas. Para sua vaga, foi escalado o Toma Lá Dá Cá, sitcom com plateia capitaneado por Miguel Falabella, que apelava aos saudosos fãs de Sai de Baixo (1996-2002). A estreia movimentou o Ibope: a nova atração registrou média de 31 pontos na Grande São Paulo, contra 23 do último episódio de A Diarista, exibido na semana anterior.

Como era de se esperar, os índices não foram os mesmos nos episódios seguintes. Entre agosto e dezembro de 2007, o Toma Lá Dá Cá oscilou entre 20 e 26 pontos, números semelhantes aos conquistados pela humorístico com Claudia Rodrigues em seu último ano. Contudo, em 2008, o projeto de Falabella teve uma segunda temporada, enquanto Marinete não voltou à grade da Globo.

À época, a imprensa especulou que brigas entre Claudia Rodrigues e Dira Paes tinham motivado o cancelamento da série. Intérprete de Solineuza, a “Poia”, Dira vinha se destacando no elenco, desagradando a protagonista. As atrizes sempre negaram essa versão. Recentemente, em junho, Claudia esclareceu que A Diarista foi cancelada por conta de sua doença.

Em 2000, ela foi diagnosticada com esclerose múltipla, mas os sintomas só apareceram em 2006. “Perguntavam uma coisa e eu respondia outra. Eu não era coerente nas minhas falas, a sensação era horrível”, disse. “Parecia que meu corpo estava dividido em dois, a alma fora. Eu não conseguia mais lembrar do texto”, detalhou Claudia.

Novos episódios de A Diarista foram gravados em 2010, mas projeto não decolou

Em 2009, cogitou-se o retorno de A Diarista. O elenco já não contaria mais com Dira Paes, que, àquela altura, despontava como a Norminha de Caminho das Índias, e teria carreira de sucesso em novelas nos anos seguintes. Na possível quarta temporada, apenas Claudia Rodrigues, Claudia Melo (Dalila) e Serjão Loroza (Figueirinha) estariam presentes.

No ano seguinte, dois episódios foram gravados, mas a temporada foi interrompida, novamente, por conta dos problemas de saúde da protagonista. Após o cancelamento da série, em 2007, a comediante participou do Casseta & Planeta e do Zorra Total, onde voltou a dar vida a Ofélia, até 2012.

A humorista foi afastada da Globo em 2013. Na época, ela afirmou ter sido vítima de discriminação por sofrer de esclerose múltipla, alegando estar apta para o trabalho. Cinco anos depois, venceu uma batalha na Justiça para ser reintegrada ao quadro de profissionais da emissora. Mesmo contratada, ela permaneceu fora do ar.

Todos os episódios de A Diarista estão disponíveis no Globoplay e são reprisados há anos pelo canal Viva, assim como os de Toma Lá Dá Cá. O sitcom de Miguel Falabella também volta à programação da Globo, nas tardes de sábado, a partir de 1º de agosto. A live realizada por Claudia Rodrigues em junho, intitulada Tributo à Vida, está disponível no Youtube.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!