Reportar erro
Fim

Netflix anuncia estreia da última temporada de 13 Reasons Why

Produção finalizará o enredo Clay Jensen e seus amigos

Protagonista de 13 Reasons Why
Protagonista de 13 Reasons Why - Foto: Reprodução/YouTube
Redação NT

Publicado em 12/05/2020 às 09:15:00

A Netflix anunciou na última segunda-feira (11) que a estreia da quarta e última temporada de 13 Reasons Why está marcada para o dia 5 de junho deste ano. A plataforma de streaming ainda lançou um teaser mostrando o elenco se reunindo para a última leitura dos roteiros.

Os atores se mostraram emocionados ao discutirem as cenas dos episódios finais da produção. O vídeo ainda exibe aos fãs da série os últimos dias de gravação da quarta temporada e finaliza com o depoimento emocionado da atriz Alisha Boe, que deu vida a personagem Jéssica.

“Eu nunca vou esquecer dessa experiência na minha vida. Obrigada”, declarou a artista. A quarta temporada promete mostrar os desdobramentos das ações dos personagens nos episódios anteriores e dar um ponto final nos dramas dos jovens que viveram em torno de crimes e mistérios.

Uma das novidades dos últimos episódios é a chegada do ator Gary Sinise, conhecido por trabalhos no filme Forrest Gump e na série CSI: NY. Ele dará vida ao psicólogo Dr. Robert Ellman, que terá como missão inicial compreender os dramas de Clay Jensen (Dylan Minnette).

A temporada deverá contar com novos 13 episódios. A expectativa dos fãs é que a verdade seja mostrada na hora que Bryce morreu e também que Hannah dê um último sinal sobre as fitas que gravou antes de falecer.

Sucesso de 13 Reasons Why

Os 13 Reasons Why estreou em 2017 e se tornou um dos maiores fenômenos da Netflix, tanto de audiência, quanto em repercussão. A empresa precisou colocar aviso no início dos episódios por conta da influência que o programa vinha tendo com adolescentes e jovens dos Estados Unidos.

Programada para ter uma temporada, a Netflix acatou os pedidos dos fãs e deu prosseguimento a produção – fato criticado pelos especialistas norte-americanos. Após inúmeras reclamações, a plataforma decidiu dar um ponto final ao enredo.

Mais Notícias