Censurados

De “Peppa Pig” a “The Big Bang Theory”: 12 séries de TV censuradas em outros países

Bullying, sexualidade e nazismo são alguns temas que provocaram retaliações em famosas séries de TV

De “Peppa Pig” a “The Big Bang Theory”: 12 séries de TV censuradas em outros países
"13 Reasons Why?" abordou o suicídio em sua primeira temporada - Divulgação

Publicado em 07/09/2019 às 09:47:00

Por: Taty Bruzzi

Setembro é o mês de conscientização do combate ao suicídio. O tema serviu de inspiração para “13 Reasons Why?”, uma das séries de TV mais famosas e polêmicas produzidas pela Netflix e que está em sua terceira temporada.

Desde sua estreia há registradas tentativas de boicote, isso porque já houve denúncia de jovens que atentaram contra a própria vida inspiraram na trama. Uma mensagem logo no início de cada temporada com o elenco principal alerta o telespectador a procurar ajuda em caso de depressão ou bullying. 

Assim como a atração juvenil, destacamos outras produções conceituadas e de sucesso que sofreram censura em alguns países, às vezes simplesmente porque não se adequavam à cultura local e outras sem grandes explicações.

Confira!

“13 Reasons Why”

Produção original da Netflix, a série discute o bullying e suas consequências. Alvo de críticas em diversos países, a plataforma de streaming chegou a editar a cena do suicídio, presente na primeira temporada. De acordo com informações do “The Guardian”, na Nova Zelândia a produção foi proibida para menores sem a presença de um adulto. 

“A Vaca e o Frango”

Como o nome sugere, o desenho é protagonizado por uma vaca e um frango que vivem envolvidos em situações engraçadas. Então, o programa acabou sendo censurado na Índia já que no país a vaca é um animal sagrado do hinduísmo. Além disso, há um episódio em que uma gangue de motociclistas mulheres invade uma casa e são mostrados diversos estereótipos referentes a práticas sexuais.

“Arquivo X”

Abordando temas como o incesto, o episódio “Home” recebeu duras críticas e acabou sendo cortado das reprises na Fox, mesmo tendo recebido o voto de um dos melhores de toda a série pelos fãs da atração. 

“Capitão América: a Série Animada”

Série em desenho animado baseada no herói dos quadrinhos da Marvel era para ter sido lançada em 1998, mas foi cancelada antes de chegar à TV sob a alegação de problemas financeiros. Entretanto, especula-se que o real motivo teriam sido referências ao nazismo.

“Doctor Who”

Em 2011, censores chineses tentaram proibir a série de ir ao ar alegando que os temas sobre viagens no tempo desrespeitavam a História, mas a proibição acabou sendo suspensa. 

“Ei, Arnold!”

 

O programa infantil exibido pela Nickelodeon foi recentemente banido no Quênia depois que censores o acusaram de “glorificar” o comportamento homossexual.

“Modern Family”

Apesar de a série abordar assuntos considerados tabus de forma leve e natural, um canal de TV do Irã produziu um remake quase fiel, com a exceção de cortar o casal gay formado por Mitchell e Cam. Em seu lugar, incluiu personagens heterossexuais. O mesmo exemplo seguiu o Chile. 

“Patriot Act”

Alguns episódios da produção foram banidos pela Netflix na Arábia Saudita a pedido do governo porque abordavam o assassinato do jornalista Jamal Khashoggi, colunista do The Hashington Post” e ativista pelos direitos humanos em seu país natal. Na ocasião, o comediante Hasan Minhaj, astro da atração, ironizou a explicação fornecida pelos dirigentes do país sobre a execução do profissional.

"Peppa Pig”

Segundo o The Gardian, a atração infantil teve episódios removidos da plataforma de vídeo chinesa Douyin por ser considerado um símbolo subversivo da contracultura. 

“Power Rangers”

Segundo informações da CNN, a produção foi proibida na Malásia porque a frase “Hora de morfar”, dita pelos personagens para ganhar superpoderes, foi considerada referência à morfina e vista como incentivo ao uso da substância. O Reino Unido também implicou com a frase, mas ao invés de retirar o programa do ar, mudaram a frase e mantiveram a atração.  

“Sex and the City”

De acordo com a BBC, a produção da HBO chegou a ser banida na Cingapura só porque retratava a vida sexual de quatro amigas. Quase uma década depois do lançamento é que a série foi ao ar e mesmo assim passou por edição para se adequar às exigências do país que não tolera estilos de vida alternativos.

"The Big Bang Theory”

Sucesso em vários países, “The Big Bang Theory” se tornou a série mais vista na China. De repente e sem muitas explicações, o Governo ordenou que a atração fosse retirada do catálogo da plataforma de streaming sem explicações. A suspeita é a de que o programa estava modelando a opinião pública. “The Good Wife” e “NCIS” também deixaram de ser oferecidas no país. 


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!