Após 14 anos

A Favorita reestreia com nude de Taís Araujo e "gancho falso"

Novela de 2008 chegou ao Vale a Pena Ver de Novo nesta segunda-feira (16)


Taís Araujo em cena de nudez da personagem Alícia em A Favorita, em reprise no Vale a Pena Ver de Novo, na Globo
Alícia, personagem de Taís Araujo, tira a roupa na estreia de A Favorita, em cartaz no Vale a Pena Ver de Novo - Foto: Reprodução/Globo

Clássico exibido há 14 anos, A Favorita voltou à tela da Globo nesta segunda-feira (16), no Vale a Pena Ver de Novo. O retorno de Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia) repercutiu na web. A reestreia da trama assinada por João Emanuel Carneiro teve nude de Taís Araujo e “gancho falso”, bem distante do encerramento do primeiro capítulo original.

Entre as tramas paralelas de A Favorita, um dos núcleos apresentados foi o de Romildo Rosa, político corrupto interpretado por Milton Gonçalves. Logo na estreia, percebemos que a filha do candidato à Câmara dos Deputados não apoia o pai: Alicia, vivida por Taís Araujo, fica nua em um comício para atrapalhar o discurso do mau-caráter.

No Vale a Pena Ver de Novo, a Globo costuma cortar as sequências mais ousadas ou violentas. O trecho exibido nesta tarde, contudo, era idêntico ao que foi ao ar no horário nobre em 2008, o corpo de Taís Araujo é mostrado de longe, em takes rápidos. Por poucos segundos, é possível ver os seios da atriz em meio à multidão.

Por ora, a edição ficou restrita à duração do capítulo de estreia. Dividindo a faixa da tarde com os últimos capítulos de O Clone, a nova reprise teve bem menos tempo na tela, ficando apenas 29 minutos no ar. A reestreia chegou ao fim com uma cena de Donatela alertando Irene (Glória Menezes) e Gonçalo (Mauro Mendonça) do perigo que Flora representa, sendo surpreendida por Lara (Mariana Ximenes).

Já o primeiro capítulo original da novela, com 1h13min de arte, tem um gancho emblemático: o reencontro entre Flora e Donatela, após 20 anos, no Viaduto do Chá, em São Paulo (SP). A conversa enigmática das duas dá o tom para o restante da novela, centrada na rivalidade entre as antagonistas.

A Favorita chega ao Vale a Pena Ver de Novo com Ibope inferior às antecessoras, segundo a prévia

imagem-texto

A reestreia de A Favorita no Vale a Pena Ver de Novo teve média de 16,5 pontos, segundo o Kantar Ibope – os dados são prévios e podem sofrer alterações na divulgação dos números consolidados. O índice é inferior aos de O Clone (17,3) e Ti Ti Ti (18,6), que ocuparam a faixa de reprises no ano passado e anotaram, respectivamente, 17,3 e 18,6 pontos em suas estreias.

Em 2008, a história encabeçada por Patrícia Pilar e Claudia Raia não caiu nas graças do público logo de cara. Com um estilo diferente, sem revelar quem é a mocinha e quem é a vilã, o folhetim sofreu para engrenar e teve baixos índices de audiência nas primeiras semanas.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias