Primeira versão

50 anos de Selva de Pedra: Censurada, novela teve 100% de audiência em capítulo histórico

A trama de Janete Clair ainda ganhou um remake na década de 80


Regina Duarte como Simone, em Selva de Pedra (1972)
Regina Duarte viveu Simone na primeira versão de Selva de Pedra (1972) - Divulgação/TV Globo

Neste domingo (10), Selva de Pedra (1972) completa 50 anos. A trama, que teve como tema a ambição pelo poder, consolidou Janete Clair (1925-1983) como grande autora popular e obteve a maior audiência da história da televisão brasileira até então. No Rio de Janeiro, segundo registro do Ibope na época, o folhetim atingiu 100% de share (número de televisores ligados no horário) no capítulo 152, que foi ao ar no dia 4 de outubro daquele ano.

O episódio histórico exibiu o momento em que Rosana Reis (Regina Duarte) revela sua verdadeira identidade e admite que, na verdade, é Simone Marques. Decepcionada e pensando que Cristiano (Francisco Cuoco) estava planejando assassiná-la, a artista plástica aproveitou um acidente de carro para fazer com que todos acreditassem que ela estava morta, mas quem não escapou foi Madalena (Tamara Taxman), sua empregada.

A farsa acaba quando, chamada para depor e colaborar com a investigação do desaparecimento da funcionária, a personagem é confrontada pelos pais da moça e por uma testemunha da tragédia e admite ter se aproveitado do ocorrido para começar uma vida nova.

Na produção, Cristiano, seduzido pelo poder, põe em risco sua felicidade ao lado de Simone e deixa com que a ambição o aproxime de Miro (Carlos Vereza), vilão capaz de tudo para eliminar qualquer obstáculo que atrapalhe a ascensão social do colega e, por tabela, a sua própria. Foi o mau-caráter, inclusive, o responsável pela armação que fez a personagem de Regina Duarte achar que o amado queria vê-la morta. Tal mentira contribuiu para que o casal de protagonistas passasse boa parte da história separado.

Francisco Cuoco foi muito elogiado por seu desempenho na obra de Janete Clair, que já o tinha como um de seus atores preferidos. Selva de Pedra também marcou a estreia de Gloria Pires, na época com oito anos, em novelas da Globo e foi o primeiro trabalho de Kadu Moliterno na emissora carioca.

O ator conta que, incentivado por uma amiga, bateu na porta da casa da escritora e conseguiu um papel da trama porque ela achou que ele tinha a cara de um personagem que ela estava escrevendo no momento.

Selva de Pedra teve história modificada por censura à "bigamia"

50 anos de Selva de Pedra: Censurada, novela teve 100% de audiência em capítulo histórico
Dina Sfat e Francisco Cuoco eram Fernanda e Cristiano em Selva de Pedra - Divulgação/TV Globo

Como a morte de Simone foi forjada, a censura ordenou que Janete Clair mudasse a trama de Selva de Pedra para que Cristiano não se casasse com Fernanda (Dina Sfat - 1938-1989). A produção do folhetim tentou argumentar dizendo que o personagem achava que havia ficado viúvo e, por isso, assumiria um novo compromisso, mas os censores não aceitaram a justificativa, alegando que o público sabia que a artista plástica estava viva e isso configuraria bigamia.

Em entrevista ao UOL, em 2013, Boni, ex- superintendente de produção e programação da Globo, contou os dribles que ele, a autora e o diretor tiveram que dar na censura para que a novela não mudasse de horário nem fosse interrompida.

"Quando os argumentos falhavam, tínhamos que executar as mudanças necessárias para não sair do horário. O custo das regravações era extremamente inferior do que jogar fora audiência do horário e perder as verbas publicitárias. Muitas vezes as alterações obrigavam os autores a um exercício de criatividade que assustava por ter virado rotina. Em Selva de Pedra, as soluções foram discutidas comigo pela Janete Clair e o Daniel Filho."

Na história, Cristiano, sentindo-se responsável pela morte de Simone, abandona Fernanda no altar. A personagem de Dina Sfat enlouquece e passa a perseguir o amado, terminando internada em uma clínica psiquiátrica.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias