Reportar
erro
Produção de 1994

Marimar é denunciada e Ministério da Justiça reclassifica novela

Novela protagonizada por Thalía sofre reclassificação


Thalía na pele de Marimar
Thalía protagonizou Marimar em 1994 - Foto: Divulgação/Televisa
Por Redação NT

Publicado em 28/03/2022 às 08:55:35

Marimar (1994), atualmente em reapresentação no Globoplay, foi reclassificada, informou o jornal O Globo nesta segunda-feira (28). Antes não recomendada para menores de 10 anos, agora ela não é recomendada para menores de 14, e tudo saiu da "denúncia de um cidadão".

Na produção, o telespectador teria encontrado "violência, drogas ilícitas e linguagem imprópria". A produção, contudo, é de 28 anos de atrás e só foi reclassificada agora, após diversas exibições no SBT.

A história protagonizada por Thalía conta a saga de uma moça simples, humilde e sonhadora, que vive em uma choupana na praia com os seus avós. A personagem de Thalía nunca conheceu o pai e ficou órfã de mãe tão pequena que não tem muitas lembranças dela. A vida da mocinha muda radicalmente quando ela conhece Sergio Santibáñes (Eduardo Capetillo), filho único de uma família rica, que mora em uma pequena cidade ao lado do povoado.

Marimar é clássico folhetim mexicano

imagem-texto

Depois disso, o galã seduz a jovem, que se apaixona perdidamente e aceita ir morar com ele na fazenda dos ricaços. Porém, o dia a dia de Marimar na mansão se torna um inferno, porque o pai e a madrasta do bonitão sentem vergonha pela ignorância da nora, que não tem a etiqueta que eles valorizam. A mocinha passa por diversas humilhações e é feita de empregada pela vilã da novela.

Marimar chegou ao Globoplay no final de agosto do ano passado e teve sua estreia divulgada até no SBT. A empresa anunciou a novidade em uma ação de merchandising dentro do Fofocalizando para atrair o público das novelas da emissora de Silvio Santos. "Para quem ainda não assistiu, agora é só no Globoplay", divulgou Ana Paula Renault. Chris Flores continuou dizendo que para "acompanhar essa novela incrível", bastava assinar a plataforma de streaming da Globo para assistir esse e outros clássicos latinos.

Mais Notícias