Reportar erro
Novos tempos?

Novelas da Globo enfrentam crise de audiência e nos bastidores

Emissora tem passado por sérias dificuldades no Ibope

Andreia Horta e Marieta Severo em cena na novela Um Lugar ao Sol
Novelas da emissora não conseguiram conquistar o público - Foto: Reprodução/Globo
Daniel César

Publicado em 09/01/2022 às 10:00:02

Desde o início da pandemia, a Globo tem enfrentado uma série de dificuldades no setor de dramaturgia por conta dos protocolos de segurança contra a Covid-19. Amor de Mãe (2019-2021) e Salve-se Quem Puder (2020-2021) tiveram suas exibições suspensas, enquanto a estreia de Nos Tempos do Imperador foi adiada. Neste período, a emissora recorreu a diversas reprises, como Império (2014-2015), Haja Coração (2016), entre outras. No meio disso tudo, houve um processo de reestruturação na direção da empresa, além de uma aceleração no processo de novos acordos com autores, diretores e atores.

Em abril de 2020, o público precisou acompanhar reprises de obras que fizeram sucesso no passado. Totalmente Demais (2015-2016) e Fina Estampa (2011-2012) alcançaram altos índices, enquanto Novo Mundo (2017) apresentava resultado satisfatório. Na ocasião, o país enfrentava sérias restrições, o que fez muitas pessoas ficarem em casa.

A Globo decidiu só voltar com Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder depois que elas estivessem 100% finalizadas. Novelas inéditas, como Nos Tempos do Imperador, teriam que ter quase todos os capítulos prontos. Deixando brechas apenas para filmagens pontuais de um personagem ou outro.

Ao mesmo tempo, aconteceram trocas nas direções da emissora. Ricardo Waddington se tornou diretor de Entretenimento e José Luiz Villamarim se transformou em diretor de dramaturgia, substituindo Silvio de Abreu. A mudança ocorreu no fim de 2020. Os novos executivos passaram a reavaliar todas as produções aprovadas e começaram a realizar modificações.

Uma delas foi em Um Lugar ao Sol. Villamarim decidiu que a trama teria 107 capítulos. Outra ordem foi lançar Quanto Mais Vida, Melhor quando tivesse uma grande frente de capítulos gravados. Pantanal se tornou a principal aposta da empresa, tanto que estreará com quase todos os episódios finalizados.

Conforme o NaTelinha já revelou, a nova direção seguirá um caminho diferente do que estava ocorrendo. O objetivo de Villamarim é trazer histórias mais regionais, apostando em novos rostos e apresentando aos brasileiros culturas poucos conhecidas. Por isso Pantanal tem sido tratada com tanta importância.

Novo modelo da Globo

imagem-texto

Com a chegada da pandemia, a emissora precisou acelerar o processo de reestruturação, chamada de Uma Só Globo. Além de abrir mão de diversos eventos e profissionais em outros departamentos, ela também resolveu não renovar com grandes estrelas da dramaturgia, como Vera Fischer, Miguel Falabella, Antônio Fagundes, Tarcísio Meira e Glória Menezes.

Ela vinha apostando nos contratos por obras, mas se tornou mais evidente ao público durante a pandemia por conta da quantidade de artistas que deixaram o canal neste período. A explicação dos executivos que isso faz parte dos novos tempos, onde tudo é mais dinâmico por causa do streaming.

Na avaliação dos diretores do canal, é mais econômico ter um contrato de seis meses com Grazi Massafera para ela fazer uma série no Globoplay, mesmo que faça um filme na Netflix, do que a ter durante três anos, sendo que boa parte a atriz fica sem nenhum projeto, como ocorria em outros tempos.

Claro que ainda há nomes que possuem contrato fixo com a emissora, como Tony Ramos e Susana Vieira. Mas nada impede que no futuro, quando o vínculo terminar, ambas as partes optem por seguir caminhos diferentes. Ou apenas trabalhar por obra.

Crise de audiência

Novelas da Globo enfrentam crise de audiência e nos bastidores

Em um período de tantas mudanças, a emissora tem enfrentado uma séria dificuldade para alcançar boa audiência. Se no começo o canal alcançava índices altos porque as pessoas estavam em casa, agora é o contrário. Com o fim das restrições, muita gente tem preferido sair para restaurantes, bares e viajar do que ficar na frente da televisão.

Um Lugar ao Sol (22,3 pontos), Quanto Mais Vida Melhor (19,8) e Nos Tempos do Imperador (16,9) não conquistaram o público e são responsáveis pelo pior momento da Globo em termos de audiência. Só que o telespectador não migrou para outras emissoras.

O pior para o canal é o fato de não poder realizar modificações nas novelas, pois todas estão totalmente, ou quase, gravadas. Esse é um dos motivos que a direção torce logo para poder retornar aos “tempos normais” de trabalho, quando os folhetins eram filmados enquanto estavam sendo exibidos.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias