Reportar erro
Fim

Tudo sobre o último capítulo da nova versão de A Usurpadora

Último episódio é cheia de adrenalina e muito melodrama

Cena de A Usurpadora 2019
Confira todos os detalhes do fim de A Usurpadora - Foto: Reprodução/Televisa
Redação NT

Publicado em 18/10/2021 às 05:41:00

A Usurpadora (2019) se tornou a principal aposta do SBT no horário nobre e os telespectadores têm a curiosidade para saber qual será o fim das irmãs Paola e Paulina Bracho, ambas interpretadas pela atriz Sandra Echeverría. Por ser um remake da novela homônima feita em 1998, a reta final é cheia de melodrama, vilanias, adrenalina e perseguição.

No último capítulo, Paola está completamente desesperada e arma um novo plano para se livrar da prisão. Ela engana Lisette (Macarena Oz), liga para a irmã e a obriga a dar todo o dinheiro do cofre, joias e fugir da família presidencial. “Assim como lhe dei a vida, posso tirá-la de você”, fala a vilã, deixando claro que pode matar a filha do presidente.

Paulina então resolve colocar em prática aquilo que Paola determinou e conversa com Carlos (Andrés Palacios), explicando que não pode ficar ao lado dele e buscará recuperar o que lhe resta de vida. “Estive pensando em tudo que aconteceu e não posso ficar aqui. Preciso ir embora”, diz a mocinha chorando muito.

No meio de toda essa confusão, Teresa (Aurora Gil) passa todas as informações a Fernando (Arap Bethke), que sai em disparada para colocar a mão em Paola. E os planos da vilã não vão dar certo. Fernando encontra Lisette e Arcádia, que falarão o local que está a megera.

As irmãs finalmente se encontram e a vilã faz questão de jogar todo o seu veneno em cima de Paulina quando a mocinha perguntar onde está Lis. “Olha só você, preocupada como se fosse a mãe verdadeira”, zomba. “Deixou de ser uma miserável e passou a ter tudo”, acrescenta.

Manuel aparece com uma arma e entrega para Paola, que deixa claro que seu objetivo é dar um ponto final em tudo o que começou. Paulina tenta convencer a irmã que aquilo apenas vai trazer mais problemas para todos, só que a megera está decidida em acabar de vez com a irmã.

“Não importa o que você faz ou com quem esteja, no final, sempre encontrará a si mesma, cheia de rancor e de amargura”, define a mocinha. “Que profunda. Faça um favor e pare de ser ridícula!”, pede a vilã, apontando uma arma para sua rival.

Paola morre em A Usurpadora

Tudo sobre o último capítulo da nova versão de A Usurpadora

Há muita tensão no duelo final entre as irmãs. Quando Paola se prepara para apertar o gatilho, Fernando chega e atira na vilã, que é salva por Manuel, baleado em seu lugar. A irmã do mal fica cercada e sua única alternativa para sobreviver é se entregar aos policiais e ser presa.

Só que Paola informa que jamais aceitaria ficar na cadeia e faz seu discurso final. “Se há algo que sempre tive na minha vida são opções. Podem ter roubado minha vida, mas a minha morte será minha, somente minha”, diz ela, que abre os braços, fecha os olhos e se joga de uma enorme altura, morrendo na frente de todos.

Depois que Paola morre, Carlos renuncia à presidência do México e passa o bastão para Gema. Com um excelente trabalho de investigação, Fernando volta a ser policial e recebe todo seu reconhecimento. Lisette também resolve deixar os problemas com Paulina para trás e a perdoa.

Após a morte da primeira-dama do México, Carlos renuncia à presidência e Gema permanece em seu lugar. Por outro lado, Fernando recupera o distintivo policial e recebe reconhecimento, Emílio vai estudar no exterior, Pedro apresenta Osvaldo como namorado e, por fim, Lisette perdoa Paulina.

No fim, Carlos e Paulina decidem ficar juntos e recomeçar a vida. Toda família sai da casa presidencial. Os empregados se despendem e a cena final é exibida por câmeras de segurança da mansão, que são desligadas e aparece na tela a palavra: FIN!

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias