Reportar erro
Paradeiro

Por onde andam seis atores sumidos de Torre de Babel

Novela de Silvio de Abreu chega ao Globoplay nesta segunda-feira (3)

Eliane Costa, Cláudia Jimenez e Cacá Carvalho estão no elenco de Torre de Babel; novela está de volta no Globoplay
A dupla Luzineide e Bina e o atrapalhado Jamanta foram alguns dos destaques cômicos de Torre de Babel - Fotos: Reprodução
Walter Felix

Publicado em 02/08/2020 às 17:14:00

Torre de Babel, novela de Silvio de Abreu exibida entre 1998 e 1999, chega ao Globoplay nesta segunda-feira (3). Há mais de 20 anos, a produção penou para agradar o público. Considerada muito forte em seu início, pelo excesso de violência, a história foi alterada a fim de cativar a audiência. Com a explosão do shopping Tropical Tower, cenário principal da trama, saíram de cena personagens polêmicos, como um usuário de drogas e um casal de lésbicas.

O ponto de partida de Torre de Babel é o desejo de vingança de Clementino (Tony Ramos). No passado, ele foi condenado por assassinar sua esposa e o amante dela a golpes de pá. O empresário César Toledo (Tarcísio Meira), que testemunhou contra o criminoso, é tido por ele como o responsável por sua condenação. Após 20 anos na cadeia, o bandido está disposto a explodir o shopping de propriedade do rival.

Uma história densa demais para o público da época, mas que acabou registrando sucesso após os ajustes feito pelo autor. Confira, a seguir, seis atores que tiveram destaque na novela, mas sumiram dos olhos do público nos últimos anos:

Cláudia Jimenez

Por onde andam seis atores sumidos de Torre de Babel

Longe das novelas desde Haja Coração, em 2016, Cláudia Jimenez foi um dos principais nomes do humor na Globo na década de 1990. Destaque em Torre de Babel como a divertida Bina, a atriz já havia enfrentado um câncer e passou por problemas cardíacos nos anos seguintes, que a afastaram do vídeo por um tempo.

Mais seletiva quanto aos trabalhos, ela recusou participar do longa-metragem do Sai de Baixo, lançado em 2019. Aos 61 anos, seu retorno à TV deve ocorrer em uma das próximas produções para as 19h, escrita por Mauro Wilson, ainda sem data de estreia.

Stênio Garcia

Por onde andam seis atores sumidos de Torre de Babel

Intérprete do alcoólatra Bruno, amor do passado de Marta (Glória Menezes), Stênio Garcia foi demitido da Globo em março, aos 88 anos, mesmo após pedir emprego nas redes sociais. Segundo a esposa do ator, o motivo para o fim do contrato teria sido uma briga entre o veterano e Sílvio de Abreu, que assumiu cargo de diretor artístico da emissora.

Seu último trabalho em novelas foi em Salve Jorge (2012), mas Stênio também fez participações em Totalmente Demais (2015), Malhação (2016) e Deus Salve o Rei (2018).

Isadora Ribeiro

Por onde andam seis atores sumidos de Torre de Babel

Revelada na abertura de Tieta, Isadora Ribeiro se tornou musa dos anos 1990 e deu vida à dondoca e ciumenta Vilma, casada com Henrique (Edson Celulari), em Torre de Babel. Aos 55 anos, ela vinha se dedicando ao teatro e ao cinema antes da pandemia: atuava no espetáculo Diário de Bordo, no interior de São Paulo, e era produtora do longa Subúrbio.

Sua última novela foi Amor e Revolução (2011), no SBT.

Cacá Carvalho

Por onde andam seis atores sumidos de Torre de Babel

Ator bissexto na TV, Cacá Carvalho, de 67 anos, ficou fortemente marcado pelo Jamanta, doente mental apaixonado por Sandrinha (Adriana Esteves). De tanto sucesso, o personagem voltou à cena em Belíssima, também de Silvio de Abreu, em 2005.

Veterano no teatro, ele seguiu a carreira nos palcos e também teve trabalhos pontuais na TV, como na série Cine Holliúdy (2019), atualmente em reprise na Globo.

Karina Barum

Por onde andam seis atores sumidos de Torre de Babel

Karina Barum fez sucesso como a ingênua Shirlei de Torre de Babel, filha amorosa de Clementino (Tony Ramos). O tema da personagem, Corazón Partío, na voz de Alejandro Sanz, fez sucesso em 1998 e impulsionou as vendas da trilha internacional da novela.

No rastro desse sucesso, Karina chegou a protagonizar Louca Paixão, na Record, em 1999. Em 2001, voltou à Globo e atuou em A Padroeira. Migrou para o SBT em 2005, quando fez Esmeralda, sua última novela. Afastada da TV, ela passou a dar aulas de interpretação em Florianópolis. Voltou à TV neste ano em A3, nova série nacional do canal pago Prime Box Brasil.

Eliane Costa

Por onde andam seis atores sumidos de Torre de Babel

Fiel escudeira de Bina, Luzineide não abriu a boca durante toda a novela, exceto no último capítulo. A intérprete, Eliane Costa, está longe da TV desde a temporada 2009 de Malhação, quando recebeu seu último convite para trabalhar na TV. 

Aos 57 anos, ela segue atuando, no teatro e no cinema.