Reportar erro
Cuidados

Novela indiana volta ao ar na pandemia com personagens usando máscara

Produção voltou a ser gravada após quatro meses

Protagonistas da novela indiana
Protagonistas da novela indiana - Foto: Montagem/Reprodução
Leandro Mendonça

Publicado em 17/07/2020 às 16:08:43

Em vista à pandemia do novo coronavírus, as produções de novelas foram paralisadas em várias partes do mundo, como no Brasil e na Índia. Por lá, foram quatro meses sem gravações, algo que foi dado fim no mês de junho, com a flexibilização do isolamento rígido.

A novela Yeh Rishta Kya Kehlata Hai, que é exibida em um canal da Disney no país, estreou em 2009 e já está no ar há mais de 11 anos. Para continuar a exibir a história, os responsáveis acharam uma saída que julgaram ser mais segura, fazendo com que os personagens começassem a usar máscaras e outros protetores faciais.

Para que tudo isso fosse realizado, em prol da segurança de toda a equipe, foi necessário uma mudança no roteiro, incluindo a Covid-19 como um dos temas abordados. Segundo o site Índia Times, os protagonistas Naira (Shivangi Joshi) and Kartik (Mohsin Khan) até dramatizaram todo o processo que precisa ser seguido sair desses tempos difíceis.

Com esse retorno de muitas atividades, os números de infectados do país começaram a subir mais consideravelmente. Na última quinta-feira (16), o segundo país mais populoso do planeta ultrapassou o número de 1 milhão de casos já confirmados.

Globo retoma as gravações das novelas

Como já foi adiantado pelo NaTelinha, a Globo também está retornando a produção de suas novelas, após um período de quatro meses de paralisação.

Os funcionários da emissora foram informados da decisão em um comunicado interno, que explica que tudo vai acontecer por etapas, embasado em um cauteloso estudo, alinhado com as recomendações de especialistas na área da saúde.

Como todo o trabalho levará mais tempo, a Globo decidiu que suas novelas inéditas só voltarão ao ar em 2021. Assim, novas reprises ganharão as faixas das 18h, 19h e 21h. Por enquanto, o único título escolhido foi A Força do Querer (2017), anunciado nesta sexta (17) como substituto de Fina Estampa (2011) no principal horário do canal.

Mais Notícias