Dublagem

Dia do Dublador: Conheça 10 dubladores que já mostraram o rosto em novelas

Donos de vozes famosas colecionam trabalhos em emissoras de TV; veja lista

Dia do Dublador: Conheça 10 dubladores que já mostraram o rosto em novelas
Mabel Cezar, Duio Botta e Jorge Lucas aparecem na TV como atores e dubladores

Publicado em 29/06/2020 às 06:10:00 ,
atualizado em 29/06/2020 às 10:32:07

Por: Paulo Pacheco

Todo dublador é ator. Neste 29 de junho, Dia do Dublador, o NaTelinha homenageia estes artistas e lista dez donos de vozes famosas que também mostraram o rosto em novelas.

Sabia que Wendel Bezerra, dublador do Bob Esponja, começou na TV como ator mirim do SBT? Os heróis Jaspion, Wolverine e Batman já apareceram em novelas da Globo.

Conheça os rostos por trás de dez vozes famosas da dublagem:

Carlos Takeshi: Voz de Jaspion, herói japonês sucesso na extinta Manchete e exibido atualmente na Band, Carlos Takeshi aparece na Globo de segunda a sexta-feira. Na reprise de Malhação: Viva a Diferença, o ator interpreta Noboru, pai de Tina (Ana Hikari). Ele também participou de novelas como Belíssima (2005) e apresentou programas de televendas no canal Shoptime.

José Santa Cruz: "Querida, cheguei!", bordão de Dino em Família Dinossauros, ficou conhecido na voz de José Santa Cruz. Além de trabalhar como dublador, o ator de 91 anos integrou o elenco de humorísticos como Balança Mas Não Cai e Zorra Total, e novelas como Espelho da Vida (2018), interpretando o padre Leo.

Maria Helena Pader: A voz da mulher de Dino em Família Dinossauros também fez novelas. Na mais famosa, O Rei do Gado (1996), interpretou a governanta Júlia. Quando o público fechava os olhos em frente à TV, pensava que Fran da Silva Sauro trabalhava para Bruno Mezenga (Antonio Fagundes).

Jorge Lucas: Dublador de atores como Vin Diesel (Velozes & Furiosos) e Ben Affleck (Batman Vs Superman), Jorge Lucas tem sido presença frequente em novelas da Globo. Viveu Ramiro em A Lei do Amor (2016). Na sequência, interpretou Venâncio em Orgulho e Paixão (2018). No ano passado, participou de Bom Sucesso como Dr. Mauri.

Isaac Bardavid: O eterno Wolverine da franquia X-Men é um veterano da TV, com mais de cinco décadas de carreira e dezenas de produções. No currículo mais recente, integrou o elenco das séries Milagres de Jesus (Record) e Dois Irmãos (Globo) e da novela Totalmente Demais, atualmente reprisada pela Globo, como o sheik Ibrahim Alfaray.

Mabel Cezar: A voz de Mabel Cezar aparece todos os dias na TV. Além de dublar Jessie em Toy Story e Jay Kyle em Eu, a Patroa e as Crianças, entre outros papéis de sucesso, a atriz narra chamadas da Globo e já mostrou o rosto em novelas da emissora, como Joia Rara (2013), Em Família (2014), Verão 90 (2019) e Bom Sucesso (2019), em que interpretou a jornalista Juliana.

Sergio Stern: Outro ídolo das crianças com sua voz (dubla Mike Wazowski em Monstros S.A. e animações como Carros e Meu Amigãozão), Sergio Stern coleciona participações recentes em novelas. Já apareceu em Belaventura (2017) e Apocalipse (2017), na Record, e Êta Mundo Bom! (2016), Pega Pega (2017), Tempo de Amar (2017) e Segundo Sol (2018), na Globo.

Wendel Bezerra: Este garotinho atuando em Meus Filhos, Minha Vida (1984), do SBT, se tornaria, anos depois, em um dos dubladores mais famosos do Brasil. Wendel Bezerra começou a carreira no teatro, mas migrou para a TV com ajuda da mãe, Flora Bezerra, que trabalhava na rede de Silvio Santos. Também apareceu em Destino (1982), primeira novela da emissora, e Acorrentada (1983). Depois migrou para a dublagem, onde se consagrou como Goku (Dragon Ball Z) e Bob Esponja.

Marta Volpiani: Antes de se eternizar como Dona Florinda em Chaves, Marta Volpiani era mocinha de novela. Atuou em O Profeta (1977), na extinta Tupi; Solar Paraíso (1978), produzida pelos Estúdios Silvio Santos e exibida pela TVS do Rio de Janeiro; e Cavalo Amarelo (1980), na Band. Quando estava no SBT, foi convidada por Marcelo Gastaldi (1944-1995) para dublar Chaves, série que transformou a carreira da atriz.

Duio Botta: Em 2019, Duio Botta teve uma experiência inédita em sua carreira: apareceu no SBT e na Globo ao mesmo tempo. Pela rede de Silvio Santos, dublou Elias na novela mexicana A Que Não Podia Amar. Na emissora carioca, interpretou Jardel, mordomo de Maria da Paz (Juliana Paes). Curiosamente, seus personagens morreram nas duas tramas.





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!