Crueldade

Êta Mundo Bom: Ernesto sequestra burro de Candinho

Com ajuda de Sandra, bandido comanda rapto de Policarpo para extorquir Anastácia

Êta Mundo Bom: Ernesto sequestra burro de Candinho
Em Êta Mundo Bom, Ernesto leva burro de Candinho e cobra fortuna pelo resgate - Fotos: Reprodução/Globo

Publicado em 29/06/2020 às 06:47:00 ,
atualizado em 29/06/2020 às 15:58:23

Por: Walter Felix

Em Êta Mundo Bom, Ernesto (Eriberto Leão) e Sandra (Flávia Alessandra) armarão um novo plano para tirar dinheiro de Anastácia (Eliane Giardini). Os vilões planejam o sequestro de Policarpo, burro de estimação de Candinho (Sérgio Guizé), a fim de pedir dinheiro pelo resgate.

Nos próximos capítulos, Candinho estará chateado por conta das desavenças entre Pancrácio e seu gêmeo, Pandolfo (ambos interpretados por Marco Nanini). “Agora que eu sei o que é ter uma família, eu penso que há de ser muito lindo ter um irmão”, reflete o caipira, enquanto dá de comer a Policarpo.

O rapaz fala como se dialogasse com o animal. “É, Policarpo! Tá certo! Nós semo que nem irmão! Ainda bem que eu tenho ocê. Melhor amigo nesse mundo não há não”, diz Candinho, sem nem desconfiar que o bicho está prestes a ser raptado. Ele volta a manifestar seu carinho por Policarpo ao levá-lo para dormir nos fundos da mansão.

Nesse momento, o herdeiro de Anastácia é observado por Ernesto e seus comparsas, que planejam o sequestro. Os bandidos esperam até que todos na casa durmam para colocar o plano em ação. Dentro da mansão, Sandra também fica atenta aos moradores para que tudo saia como planejado.

Por pouco o plano dos vigaristas não dá errado. Após invadir a mansão de Anastácia, Ernesto e seus cúmplices encontram dificuldades em tirar Policarpo do local. O animal acaba reagindo à ação dos bandidos e acorda Candinho, que ouve um barulho e resolve conferir o que é.

Na saída do quarto, preocupado com o bicho, ele dá de cara com Sandra. “Eu ouvi o Policarpo zurrar! Ele gritou por socorro!”, diz Candinho, apressado para saber o que está havendo. “Você não tava dormindo?”, questiona sua prima. “Eu tava, mas acordei com o Policarpo chamando eu”, justifica o caipira.

Em Êta Mundo Bom, Ernesto bate em Policarpo e leva um coice

A pilantra tenta convencer Candinho de que foi um pesadelo, diz que não ouviu nada e oferece a ele um copo de leite. Mas o filho de Anastácia não lhe dá ouvidos. “Eu senti no coração. Uma coisa de muito ruim aconteceu com o Policarpo. Ocê me dá licença!”, crava.

Para que Policarpo entre no caminhão à sua espera na porta da mansão, Ernesto chega a bater no animal e acaba levando um coice, que o faz parar longe. “Burro maldito!”, xinga o vilão, após o golpe. Ele consegue se apressar para levar o bicho dali a tempo de não ser visto.

Quando Candinho chega do lado de fora da mansão, de pijama, já não vê mais os facínoras. Nos fundos da casa, ele também não encontra seu bicho de estimação, entrando em desespero. “Cadê ocê, Policarpo? Roubaram o Policarpo! Ôh meu Deus, roubaram o meu amigo!”, lamenta o caipira.

Na sequência, todos na casa acordam e começam a divagar sobre o paradeiro do animal. Maria (Bianca Bin) alerta Anastácia que o animal deve ter sido sequestrado por alguém que queira atingir Candinho e, provavelmente, deverá pedir dinheiro em troca da devolução de Policarpo. A sequência vai ao ar na próxima terça-feira, 30 de junho.





LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!