Reportar erro
Decisão

Salve-se Quem Puder não deve abordar o tema coronavírus em sua volta

Novela das 19h da Globo seguirá seu planejamento inicial

Juliana Paiva, Deborah Seco e Vitória Strada em Salve-se Quem Puder
Protagonistas de Salve-se Quem Puder - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 02/06/2020 às 09:29:00

Salve-se Quem Puder, novela das sete da Globo, não deverá abordar o novo coronavírus em seu retorno. O autor Daniel Ortiz definiu com a sua equipe que a pandemia será ignorada em um primeiro momento, mudando o planejamento inicial. A emissora foi comunicada em relação a isso e teria concordado com a decisão.

De acordo com informações publicadas nesta terça-feira (2) pela colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a recomendação era que apenas tramas deste ano falassem da Covid-19, enquanto as que entrarão no ano que vem não tratariam do tema. Agora, a atual produção das 19h também optou por evitar a doença.

Salve-se Quem Puder interrompeu suas gravações em março por causa da pandemia, mas a previsão é que os trabalhos retornem em julho, caso não ocorra nenhuma alteração por parte da alta cúpula da Globo. O canal tem avaliado a situação do coronavírus para poder autorizar a volta das filmagens.

Mas as atividades terão que seguir normas de segurança para que a doença não se prolifere entre os profissionais da emissora. Uma das soluções encontradas pelos roteiristas e diretores foi mostrar conversas entre os personagens através de vídeo-conferência, pois permitirá que os atores fiquem em cenários diferentes, o que evitaria deslocamentos para gravar uma única cena.

Outra medida de segurança para que se evite aglomeração e perigo de contágio da Covid-19 é dividir os atores em grupo, assim se ocorrer problema com algum deles, o outro profissional não estará exposto a doença.

A partir de agora, diretores vão ter que evitar ao máximo realizar cenas em externas. Gravações em praias, por exemplo, não vão acontecer neste primeiro momento. Praças também serão evitadas pelas produções.

Coronavírus nas novelas

Salve-se Quem Puder não deve abordar o tema coronavírus em sua volta

Conforme noticiou o NaTelinha, o setor de dramaturgia entrou em atrito sobre a abordagem que deverá ser dada à Covid-19 quando as produções inéditas retornarem. Autores e executivos não falam a mesma língua.

Silvio de Abreu defendeu que a pandemia precisa ganhar destaque em todas as produções inéditas e contemporâneas da Globo, mas roteiristas discordam.

Numa das reuniões, autores explicaram que não gostaria de falar sobre a Covid-19 por considerar que o assunto está desgastado e que é um tema delicado.  O novelista teria dito que alterar sua sinopse por conta da pandemia seria negativo e que a novela já apresenta assuntos relevantes.

A assessoria de comunicação da Globo deu seu posicionamento oficial sobre o tema. "Essa afirmação não faz o menor sentido. Não existe uma orientação da direção para que todas as novelas incluam a temática do Coronavírus nas tramas. Os autores e diretores ainda estão avaliando qual a melhor solução pra cada obra diante de todas as limitações impostas pela pandemia".

Mais Notícias