Sopapos

Topíssima: Bruno explode pra cima de Paulo Roberto e agride vilão

Ele tentará descobrir a verdade sobre o incêndio no restaurante

Topíssima: Bruno explode pra cima de Paulo Roberto e agride vilão
Paulo Roberto será agredido por Bruno em Topíssima. Foto: Divulgação

Publicado em 15/10/2019 às 20:40:23 ,
atualizado em 15/10/2019 às 21:15:05

Por: Redação NT

A vida de Paulo Roberto (Floriano Peixoto) não ficará fácil nos próximos capítulos de Topíssima. O vilão terá que enfrentar a fúria de Bruno (Miguel Roncato) e até levará uns sopapos do jovem que tentará arrancar dele a verdade a todo custo.

Tudo começa a acontecer quando Bruno ficar inconformado com a falta de provas sobre o atentado que fez o restaurante de Mariinha (Silvia Pfeifer) pegar fogo e destruir todo o trabalho da mulher. Com a convicção de que o responsável foi Paulo Roberto, o advogado decidirá encarar o inimigo de frente.

No capítulo desta quarta-feira (16), após o gancho do capítulo anterior mostrar Paulo Roberto e Bruno frente a frente, a tensão vai crescer ainda mais após o advogado perguntar diretamente se o diretor da faculdade tem algo a ver com o incêndio. "Eu não tenho nada com isso", dirá ele com seu costumeiro ar zombeteiro.

É neste momento que Bruno perderá a paciência e lembrará tudo que aquele homem causou em sua vida. Diante dele, o jovem parte para cima do rival e dará um soco em Paulo Roberto que não terá tempo para se defender. O homem ficará irado com a agressão e chegará a expulsá-lo de sua casa.

Embora tenha extravasado a raiva, o mocinho sabe que a agressão de nada adiantou, pois não conseguiu uma confissão e não há como provar o envolvimento do chefe da quadrilha no incêndio criminoso que destruiu o restaurante de sua amiga Mariinha.

O incêndio em Topíssima

Mesmo sem ter provas, todos sabem que Paulo Roberto é o responsável pelo atentado contra o restaurante. O que boa parte dos personagens não entendeu é que o vilão não esperava que seu filho estivesse no local e, ao saber da notícia, o vilão ficou desesperado.

O fato de seu crime ter quase culminado na morte do próprio filho fez com que Paulo Roberto descontasse sua raiva nos capangas que sujaram as mãos por ele e o vilão acabou matando os três.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!