Reprise do SBT

"A Dona": Gaby Spanic foi envenenada enquanto interpretava vilã

Atriz também protagonizou "A Usurpadora"

Gaby Spanic foi envenenada durante "A Dona"

Daniel César
i

Daniel César

Daniel César é jornalista formado, pós-graduado em linguística e em roteiro de televisão, com mestrado em Literatura. Trabalha com o universo da televisão desde 2010 e já fez cursos de dramaturgia com nomes como Carlos Lombardi e Thelma Guedes.

Publicado em 19/06/2019 às 16:40:36

Gaby Spanic tem feito sucesso novamente no Brasil na pele de Ivana, a pérfida vilã de "A Dona", novela mexicana que está sendo reprisada nas tardes do SBT. E enquanto gravava a produção, em 2010, a atriz muito conhecida por protagonizar "A Usurpadora" sofreu uma tentativa de envenenamento.

A história, digna dos grandes melodramas mexicanos, começou quando a atriz decidiu contratar uma nova assistente pessoal para ajudá-la no dia-a-dia. A partir daí, tanto Gaby quanto sua família e funcionários começaram a passar mal quase que diariamente.

De acordo com o que foi apurado à época pela polícia mexicana, a assistente estava envenenando a artista e mais oito pessoas com cloreto de amônia, que era colocado em pequenas doses na alimentação de todos, obviamente menos no da própria funcionária.

Gaby chegou a comentar em algumas entrevistas dadas na ocasião que a tentativa de homicídio somente foi descoberta porque sua mãe achou estranho que todos na casa passavam mal ao mesmo tempo e decidiu procurar um médico para realizar exames.

Foi aí que ficou detectada uma alta quantidade de amônio no corpo de Gaby e de seus familiares, além de alguns funcionários, menos da assistente pessoal. Neste ponto, a atriz denunciou a funcionária para a justiça e investigações provaram que a mulher tentou envenenar a eterna Paola Bracho.

A história ainda sofreu uma nova virada e que surpreendeu boa parte dos mexicanos. É que a acusada, mesmo condenada, permaneceu apenas dois anos presa. Gaby alega que isso aconteceu porque a mulher teve os melhores advogados a seu dispor, todos pagos por outra atriz, Carmen Salinas, conhecida no Brasil por interpretar a bondosa Agripina em "Maria do Bairro". Segundo Spanic, Salinas a odeia sem nenhuma razão de ser.

O caso ficou para trás e Gaby Spanic ainda colhe os louros do sucesso de "A Usurpadora" e de "A Dona" que, além do Brasil, fez muito sucesso nos Estados Unidos, se tornando o capítulo mais visto de uma novela latina no país.

"A Dona" bombando

E por falar em "A Dona", a reprise da trama segue marcando bons índices para o SBT. Na última semana, por exemplo, a novela foi o segundo produto mais visto da emissora de Silvio Santos, segundo dados da Kantar Ibope.

A produção atingiu média de 13,2 pontos na Grande Fortaleza e foi superada apenas por "As Aventuras de Poliana", que alcançou 16,4 pontos. No PNT (Painel Nacional de Televisão), "A Dona" ficou como o nono programa mais visto do SBT entre os dias 10 e 16 de junho, com média de 7,7 pontos.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!