Ex-SBT, Hermano Henning fala empolgado sobre novo desafio na Rede Brasil

Hermano Henning posa para fotos com Marcos Tolentino

Publicado em 30/05/2018 às 17:23:51

Por: Sandro Nascimento

Após deixar o SBT em fevereiro do ano passado, o jornalista Hermano Henning acerta seu retorno ao comando de um telejornal na Rede Brasil.

O apresentador assinou contrato na tarde desta terça-feira (29), ao lado do presidente da emissora, Marcos Tolentino, e do diretor artístico, Helio Sileman.

"É uma rede aberta que está se firmando agora, praticamente tem afiliadas em todo país, está nas operadoras do cabo e tem tudo pra ir superando os desafios. A Rede Brasil agora começa uma etapa nova, começa a ser uma rede competitiva e a gente espera colaborar com isso. Os instrumentos a gente tem, é uma rede já instalada. Estou bastante empenhado", disse Hermano em conversa com o NaTelinha.

Ainda sendo formatado, o novo jornal da Rede Brasil tem previsão de estreia para o dia 1º de julho, às 19h. A ideia é produzir um jornalístico diferente do que é exibidos em outras emissoras, principalmente apostando em interatividade e numa linguagem mais coloquial.

"Será uma coisa bem mais solta, descompromissada, não tão presa ao roteiro. Estamos formatando pra ser uma coisa avançada e até certo ponto diferente. Um jornal com mais vontade de falar com o telespectador. Vamos tentar fugir um pouco do negativismo, essa é a ideia", explica o jornalista, que além de ter trabalhando no SBT por 23 anos, teve passagens por Globo e revista Veja.

Para Hermano, seu maior desafio no comando do novo telejornal será trazer um produto que não seja igual ao outros. "Vamos investir em coisas novas", garante.


Marcos Tolentino e Hermano Henning celebram acordo

Na Rede Brasil, além de apresentar, Hermano Henning também será o editor-chefe do jornalístico.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade