Mr. Catra diz que câncer foi culpa sua e acredita: "Deus vai vir com a cura"

Divulgação

Publicado em 24/04/2018 às 14:01:01

Por: Fabrício Falcheti

Mr. Catra participou do "Superpop" desta segunda-feira (23), na RedeTV!, e falou sobre sua luta contra um câncer no estômago.

Durante conversa com Luciana Gimenez, o funkeiro explicou o motivo de ter demorado para falar sobre seu estado de saúde e disse acreditar que em breve estará curado: "Foi tudo muito rápido, apesar de já ter passado um ano. Demorei para contar porque a certeza que estava tudo bem eu já tinha, mas estava sem disposição por causa da quimioterapia. Sou um cara que traz alegria, é muito triste vir trazer essas ideias. Decidi que, quando melhorasse, ia falar tudo ao público. Quando vi esperança, que tinha salvação, falei: 'vamos abrir a boca e dizer estou enfermo, mas está tudo bem'".

O cantor falou ainda sobre o tratamento, que o fez perder 35 kg ao longos dos últimos meses. "Faço quimioterapia há um ano e um mês, a cada 15 dias. Enquanto não dava resultado, no início, pensava-se em operar, mas agora, para quê vai mexer? Tomar remédio é melhor do que abrir, né?", explicou Catra, completando: "A colheita é conforme a plantação, não tem jeito. Não foi Deus que deu essa enfermidade, a culpa é minha. Foi álcool, noites de sonos perdidas, é o pior veneno de todos. Eu descansava, não dormia. Agora as coisas estão retomando aos eixos. Do mesmo jeito que contraí esse câncer, Deus vai vir com a cura".

Com 33 filhos, o funkeiro revelou que ainda pretende aumentar a família e se emocionou com a homenagem de seus herdeiros no palco: "É isso o que fortalece, é isso o que cura".

A entrevista rendeu ao "Superpop" uma boa audiência para os padrões da RedeTV!: 2,4 pontos de média com pico de 3,2 e share de 4,6%, figurando em quarto lugar no ranking dos canais abertos segundo a Kantar Ibope na Grande São Paulo.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade