Protagonista de "Amanhã é Para Sempre", por onde anda Fernando Colunga?

Fernando Colunga protagonizou diversas produções mexicanas

Divulgação/Televisa

Publicado em 20/02/2018 às 10:06:46 ,
atualizado em 20/02/2018 às 10:11:48

Por: Thiago Forato

De volta às novelas da tarde no SBT, o ator Fernando Colunga é figurinha carimbada na emissora com novelas como "A Usurpadora" (1998), "Esmeralda" (1997), "Maria do Bairro" (1995), "Marimar" (1994), dentre outras.

Ele é protagonista da novela "Amanhã é para Sempre", que estreou nesta segunda (19), no SBT, e foi produzida originalmente pela Televisa entre 2008 e 2009.

Com mais de 30 anos de carreira no México e na Televisa, Fernando Colunga havia perdido exclusividade do canal mexicano após recusar um papel.

A perda da exclusividade lhe rendeu uma redução de US$ 115 mil no contrato em seu salário. No entanto, ele pode trabalhar em outros canais.

Colunga não atua em uma novela desde 2015, quando voltou ao gênero depois de três anos. Sua última trama foi "Paixão e Poder" (2015).

Aos 51 anos, o ator segue em plena forma e tem milhares de fãs.

Confira algumas fotos atuais:

Com uma vida amorosa discreta, sua relação mais famosa foi com Thalía, entre 1995 e 1997. "Ter sido namorado de Thalía foi a pior experiência amorosa que já tive em minha vida. Foi uma má experiência porque o amor que desfruta com seu par, não quer desfrutar com 50 mil pessoas que nem entendem sua relação", declarou à Terra Networks no ano 2000.

Há cerca de dois anos, cogitou-se que Fernanda Colunga "sairia do armário" exatamente por ser discreto em sua vida particular. Ele nunca se casou teve filhos.

No entanto, o ator chegou a negar os rumores de que fosse gay. "Se eu fosse, eu diria que sim, mas não sou. Também não vou tentar convencê-los", disse.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade