Sem "Pânico", Band perde 14% do Ibope e vê "Encrenca" crescer 17%

"Encrenca" ganha força com fim do "Pânico"

Publicado em 13/01/2018 às 13:06:45

Por: Redação NT

Com a saída do "Pânico" de sua grade de programação no final de dezembro, a Band viu seus índices no horário nobre caírem e um avanço ainda maior do "Encrenca", da RedeTV!, no Painel Nacional da Televisão - o PNT.

Considerando a edição exibida no último domingo (07) com a do dia 17 de dezembro (desconsiderando os domingos de Natal e Réveillon, onde o telespectador se afasta das telinhas), a Band perdeu 14% do Ibope comparando os números do "Pânico", com 4,2 pontos, e o "Domingo no Cinema", com 3,6.

Em São Paulo, a queda foi um pouco menor - 10%, saindo de 4,1 para 3,7 pontos. O maior baque em números absolutos foi em Belém, onde a emissora despencou de 9,6 para 6,4 pontos - uma queda de 33%. Já em Brasília houve a maior queda proporcional - 60,5% de queda, saindo de 4,3 para 1,7 ponto.

Concorrente direto do "Pânico", o "Encrenca" aproveitou a extinção do concorrente e cresceu 17,4% no mesmo período - saltando de 2,3 para 2,7 pontos. Em São Paulo, a reação foi bastante nítida: o programa saiu de 3,3 pontos no dia 17 de dezembro para 4,6 pontos no dia 7 de janeiro. Em Brasília, praça onde o "Pânico" mais fez falta à Band, a alta foi de 53,8% - de 1,3 para 2 pontos.

Até a segunda ordem, a Band continuará apostando em enlatados para o horário nobre. Existem planos para um humorístico para o horário, embora nada ainda tenha sido confirmado. A emissora tem como prioridade resgatar uma grade para o telespectador paulista, a aquisição - ou não - dos direitos da Copa do Mundo e os lançamentos de Cátia Fonseca e Amaury Jr.

Esses índices são consolidados e são baseados na preferência de um grupo de telespectadores de cada cidade mencionada e sua respectiva região metropolitana.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade