Após polêmica com Lula, Aguinaldo Silva estaria com medo de sair de casa

Autor vem sendo alvo de críticas por provocação ao ex-presidente

Fotos: Divulgação

Publicado em 12/01/2018 às 17:32:11 ,
atualizado em 12/01/2018 às 21:57:49

Por: Fabrício Falcheti com Sandro Nascimento

O que seria uma homenagem ao Dia do Leitor, virou uma grande dor de cabeça ao autor Aguinaldo Silva, à ponto dele evitar sair de casa, segundo fontes ouvidas pelo NaTelinha.

No último domingo (7), o novelista escreveu em seu Twitter: "Hoje é o Dia do Leitor. E eu quero aproveitar para perguntar ao favorito nas pesquisas para futuro Presidente do Brasil: que livro o Lula está lendo neste momento? Qual foi o último livro que ele leu e quando foi? Ou para ser mais preciso: alguma vez na vida ele leu algum livro?".

A provocação a Luís Inácio Lula da Silva gerou enorme repercussão e revolta em seguidores e militantes do PT. A ira foi tanta que Aguinaldo Silva estaria com medo de ir na rua e sofrer algum tipo de represália.

O autor, envolvido também em outra polêmica desde o ano passado sobre os direitos autorais da novela "O Sétimo Guardião", ainda foi alvo do jornalista Paulo Henrique Amorim.

Em seu blog e no canal do Conversa Afiada no YouTube, o apresentador da Record TV bradou: “Ele acredita que o Lula nunca leu um livro e portanto ele não pode ser presidente da República. O redator de novelas da Globo tem todo o direito de não votar no Lula, agora quanto ao Lula não ter lido nenhum livro aí eu já tenho as minhas dúvidas (...) Mas o que isso tem a ver com exercer a Presidência da República?".

A fala de Aguinaldo já virou notícia em sites de política ideológicos e, após enxurrada de críticas, ele deletou a publicação do Twitter.

Procurado, o assessor pessoal do autor não quis falar com o NaTelinha.



publicidade

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade