Reportar erro
Crise

Moacyr Franco lamenta demissão do SBT e diz que tinha salário "insignificante"

Por outro lado, comediante aceita decisão e diz que vestia a camisa

moacyrfranco-youtube-22112017_a0dd29c61a2de26d90463239bbf1e271e51b395a.jpeg
Reprodução
Fabrício Falcheti

Publicado em 22/11/2017 às 22:11:45

Moacyr Franco, 81, utilizou o YouTube para falar sobre sua demissão do SBT, onde estava em cartaz no humorístico "A Praça é Nossa" há mais de 12 anos.

O comediante, ator, apresentador, cantor e dono de outros talentos agradeceu o carinho que vem recebendo do público desde que a notícia veio à tona, nesta terça-feira (21), e confessou certo estranhamento no corte.

"Estranhei um pouquinho, porque meu salário era tão insignificante... Mas eu tô aqui pra dizer que não tenho nada, nada, nada a reclamar do SBT. Muito pelo contrário, o SBT me deu muita oportunidade", disse ele.

Na mesma gravação, Moacyr Franco revelou que vinha recebendo R$ 40 mil por mês na emissora durante os últimos anos, após uma drástica redução salarial.

"Não tenho nada contra a casa, torço muito para que meus R$ 40 mil salvem a economia da emissora, mas não tenho nada contra. Volto a hora que eles quiserem, já mandei vários projetos e continuo mandando", comentou ele, que não tem uma atração própria no SBT desde 2004, quando Silvio Santos resolveu 'desengavetar' a sitcom "Meu Cunhado", protagonizada por Moacyr ao lado de Ronald Golias e gravada anos antes, em 2001.

"Quanto ao salário, não tenho nem como aceitar a brincadeira de que meu salário comprometia o salário dos colegas. Eu ganhava R$ 40 mil no SBT. Realmente, é um salário de quem quer trabalhar de qualquer forma", completou.

Franco ainda falou sobre a redução de 70% de seus honorários há pelo menos cinco anos. "Eu tive o salário reduzido há uns cinco, seis anos. Fiquei só com 30%. Concordei, porque a gente joga junto. Embora haja boatos de que há apresentadores ganhando milhões e milhões, mas isso é um problema deles e eu tenho que cuidar da minha vida, e tentar melhorar meu salário e minha vida".

"Eu estava muito longe do que podia fazer", resumiu.

Em "A Praça é Nossa", Moacyr Franco escrevia e interpretava o personagem Jeca Gay, entre alguns outros.

No SBT há mais de 20 anos entre algumas passagens, ele apresentou os programas "A Mulher é um Show" (1986), "Concurso de Paródias" (1997) e "Pequenos Brilhantes" (2000). Também em 1997, estrelou o seriado "Ô Coitado" com Gorete Milagres, até 1999.

Ainda atuou em novelas e chegou a ser diretor de criação da emissora, em 1998, na sua melhor época na casa.

Finalizando o vídeo, Moacyr contou que mesmo dispensado, seguirá no "Programa Raul Gil" como jurado do quadro "Quem Sabe Canta", sendo autorizado pela emissora. "Pode até rolar um cachê", brincou.

Confira:

Mais Notícias