Ex-BBB Laércio é condenado a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável

Divulgação

Publicado em 12/09/2017 às 21:50:08 , atualizado em 12/09/2017 às 22:06:13

Por: Fabrício Falcheti

Participante da décima sexta temporada do "Big Brother Brasil", Laércio de Moura foi condenado a 12 anos de prisão por estupro de vulnerável e arquivamento de material com cenas de sexo explícito ou pornográfica com criança ou adolescente.

A decisão saiu no fim de agosto e foi divulgada nesta terça-feira (12) pelo Ministério Público do Paraná, onde ele vive.

Laércio está preso desde maio de 2016, pela acusação de estupro de vulnerável e fornecimento de bebidas alcoólicas para uma menina de 13 anos.

Ele era investigado desde fevereiro do ano passado, ainda durante o "BBB", quando a Promotoria de Justiça recebeu um pedido de providências por conta de suas atitudes.

As investigações apontaram que o crime com a adolescente aconteceu em 2013. Atualmente com 17 anos, ela confirmou o envolvimento com Laércio, que teria durado três anos.

O advogado do ex-BBB informou que vai recorrer da decisão.

Reality

A participação de Laércio de Moura no "BBB16" foi polêmica.

Sua grande rival na casa, Ana Paula o atacou em várias oportunidades, o chamando de nojento, porco e pedófilo, esta última por ter revelado que namorava duas meninas de 17 e 19 anos.

Ele foi eliminado no segundo paredão da temporada, justamente contra Ana Paula.



publicidade

TAGS:

LEIA MAIS

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

publicidade